Info

Lar do Comércio em Matosinhos fecha três salas de creche e infantário após dois casos de Covid-19

| Norte
Porto Canal com Lusa

Vinte e seis crianças que frequentam a creche e o jardim-de-infância do Lar do Comércio, concelho de Matosinhos, estão a cumprir quarentena em casa depois de detetados dois casos de infeção covid-19, informou hoje a instituição.

Entre as 26 crianças, de um total de três salas, estão dois irmãos de 7 meses e 2 anos de idade que testaram positivo ao novo coronavírus.

Em comunicado, a direção do Lar do Comércio descreve que foi contactada no domingo pela mãe de duas crianças que frequentam o seu equipamento infantil as quais, submetidas ao teste covid-19, testaram positivo, razão pela qual decidiu contactar todos os pais e colaboradores deste equipamento, aos quais foram transmitidas as instruções da Direcção-Geral da Saúde (DGS).

"Os irmãos terão sido infetados no fim de semana de 06 de setembro durante uma visita aos avós, em Viseu - que só posteriormente, a 10 de setembro, terão testado positivo. Sabendo do resultado do avô, a mãe das crianças retirou-as do equipamento infantil, logo no próprio dia 10 de setembro, a fim de serem também elas testadas. O resultado positivo foi do conhecimento da instituição, ontem, dia 13 de setembro, ao início da tarde", descreve o Lar do Comércio em nota às redações.

Esta situação, que acontece numa instituição que esteve envolta em polémica em maio devido a casos de infeção na valência dedicada à Terceira Idade, motivou no domingo uma "reunião de emergência".

Depois de ter sido encerrada em meados de março devido às contingências da pandemia da covid-19, a valência infantil reabriu a 01 de junho.

"Na impossibilidade de contactar o delegado de saúde de Matosinhos, a Linha Saúde 24 recomendou à direção que entrasse em contacto com todos os encarregados de educação com a indicação explícita e urgente de que todos deveriam contactar a linha de saúde 800 24 24 24", continua a descrever a instituição.

Além das 26 crianças, incluindo os irmãos infetados, também as educadoras e auxiliares foram aconselhadas a ficar em isolamento profilático, uma medida descrita como "preventiva até que possam ser conhecidos os resultados dos testes".

Contactado o lar, fonte da instituição explicou que em causa estão três salas, pois além da sala de bebés e a infantil às quais pertencem os dois irmãos, houve necessidade de salvaguardar as crianças e funcionárias de uma terceira sala devido à partilha do espaço dedicado à sesta.

"O delegado de Saúde de Matosinhos foi informado por 'email' de todas as diligências em curso, estando neste momento a instituição já em articulação com a delegação de saúde por forma a desenvolver todos os procedimentos adequados. Foram ativados todos os procedimentos e regras do Plano de Contingência da instituição e seguidas todas as recomendações da DGS", assegura o Lar do Comércio.

Na mesma nota, a direção garante que "procedeu já à higienização de todo o espaço da creche e jardim-de-infância e do respetivo equipamento, mobiliário e brinquedos" para garantir "a continuação do seu funcionamento em segurança, nos termos do plano de contingência em vigor e das normas da DGS".

"Assim, a creche e o jardim-de-infância mantêm as suas atividades normais, e as salas que foram temporariamente encerradas retomarão em breve a atividade, após o período de isolamento profilático, factos de que todos os encarregados de educação irão sendo postos ao corrente", termina o lar.

A pandemia de covid-19 já provocou quase 925 mil mortos no mundo desde dezembro do ano passado, incluindo 1.871 em Portugal.

+ notícias: Norte

Gondomar com mais de 800 casos ativos de Covid-19. Autarca volta a fazer apelo à população

O concelho de Gondomar conta neste sábado com mais de 800 casos ativos de Covid-19, quem o diz é Marco Martins, Presidente da Câmara Muncipal de Gondomar, na página de Facebook, apelando à população que cumpra as regras definidas pela Direção-Geral da Saúde para tentar conter a escalada de casos no país.

Covid-19: Concelhos próximos de Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira em avaliação

A ministra da Saúde disse hoje que há concelhos na região Norte que "merecem maior preocupação" e estão a ser avaliados "muito concretamente" pelas autoridades de saúde, nomeadamente aqueles que ficam próximos de Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

D'Mais

Alberto Índio e Inês...