Info

Covid-19: Diferenciação de horários pretende evitar aglomerações nos transportes - Costa

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 10 set 2020 (Lusa) -- O primeiro-ministro apelou hoje às empresas das duas Áreas Metropolitanas para que, sempre que possível, adotem diferenciação de horários na entrada dos funcionários para evitar aglomerações de pessoas nos transportes públicos, onde as regras já em vigor se mantêm.

Em conferência de imprensa, no final da reunião do Conselho de Ministros, que hoje decorreu no Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa, António Costa anunciou que as regras que atualmente se aplicam nos transportes públicos nas Áreas Metropolitanas, para evitar o contágio com covid-19, vão manter-se a partir da próxima terça-feira, dia em que Portugal continental entra em situação de contingência devido à pandemia.

"As regras que existiam mantêm-se: obrigatoriedade da máscara, o reforço das frequências sempre que for possível que isso aconteça, mas sobretudo é importante aqui jogar com o fator de diferenciação dos horários" das empresas, afirmou o primeiro-ministro, salientando que o objetivo é "evitar aglomerações nos transportes públicos".

António Costa destacou que quando o Conselho de Ministros estabeleceu que o comércio em geral só pode abrir às 10:00 "é para evitar que as pessoas que se deslocam para esses estabelecimentos comerciais estejam simultaneamente a utilizar o transporte público, ao mesmo tempo, com as pessoas que se deslocam para as escola ou para outras atividades".

"Quando apelamos para o desfasamento de horários nas diferentes empresas é para evitar precisamente a aglomeração de pessoas às mesmas horas nos transportes públicos. Obviamente, a diferenciação depende muito de empresa para empresa e de atividade para atividade", afirmou, sublinhando que "há atividades onde não é possível diferenciar horários" nem estar em teletrabalho.

O Conselho de Ministros decidiu hoje que, a partir de terça-feira, todo o território de Portugal continental vai passar a estar em situação de contingência devido à pandemia de covid-19, com os ajuntamentos limitados a 10 pessoas, entre outras medidas.

As Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto vão ter medidas específicas, desde rotatividade entre teletrabalho e trabalho presencial ao desfasamento de horários, a partir de terça-feira, no âmbito da situação de contingência devido à covid-19.

O Governo aprovou, na generalidade, "para consulta pelos parceiros sociais, um conjunto de medidas que visam a organização do trabalho em espelho", com escalas de rotatividade entre teletrabalho e trabalho presencial.

"Assegurar o desfasamento horário, quer das entradas e das saídas, quer das pausas e das refeições" é outra das medidas a implementar nas Áreas Metropolitanas, indicou António Costa.

 

RCS/JF (SSM) // ROC

Lusa/Fim

+ notícias: Política

António Costa nega qualquer confinamento nos concelhos do Norte 

O Primeiro-ministro, António Costa, negou, quando questionado pelo Porto Canal, que "não está em causa nenhuma cerca sanitária nem nenhum confinamento obrigatório" em concelhos do Norte do país. Explica que "estão em causa medidas que visam conter a expansão da pandemia" que têm origem em contágios de origem social. 

TAP regista prejuízo de 606 milhões de euros. Concorrência dá 'luz verde' a controlo estatal da companhia

A Autoridade da Concorrência (AdC) deu 'luz verde' ao reforço do Estado na TAP, com a aquisição de 22,5% do capital da companhia, que se somam aos 50% já detidos pela Parpública, revela um aviso hoje publicado. Empresa regista um prejuízo de 606 milhões de euros no primeiro semestre.

Prospeção de lítio na Serra d'Arga depende de avaliação ambiental

O secretário de Estado Adjunto e da Energia disse hoje que a inclusão ou exclusão de Arga, no Alto Minho, no concurso para prospeção e pesquisa de lítio, está dependente da Avaliação Ambiental Estratégica (AAE) que irá iniciar-se.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

D'Mais

Alberto Índio e Inês...