Info

Governo anuncia as novas medidas para a situação de contingência. Ajuntamentos passam a estar limitados a 10 pessoas em Portugal Continental

Governo anuncia as novas medidas para a situação de contingência. Ajuntamentos passam a estar limitados a 10 pessoas em Portugal Continental
| Política
Porto Canal com Lusa

Os ajuntamentos em Portugal passam a estar limitados a 10 pessoas a partir de 15 de setembro, foi hoje decidido pelo Governo no âmbito das novas medidas para conter o aumento de casos de covid-19.

(em atualização)

O Conselho de Ministro aprovou hoje um conjunto de medidas que vão ser aplicadas a partir de 15 de setembro, dia em que Portugal Continental vai entrar em situação de contingência para fazer face à pandemia de covid-19.

A partir de 15 de setembro será proibida a venda de bebidas alcoólicas nas estações de serviço e, a partir das 20:00, em todos os estabelecimentos, à exceção daqueles que servem refeições.

O consumo de bebidas alcoólicas na via pública vai continuar a ser proibido.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 900 mil mortos e infetou quase 28 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.849 pessoas das 61.541 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

+ notícias: Política

António Costa nega qualquer confinamento nos concelhos do Norte 

O Primeiro-ministro, António Costa, negou, quando questionado pelo Porto Canal, que "não está em causa nenhuma cerca sanitária nem nenhum confinamento obrigatório" em concelhos do Norte do país. Explica que "estão em causa medidas que visam conter a expansão da pandemia" que têm origem em contágios de origem social. 

TAP regista prejuízo de 606 milhões de euros. Concorrência dá 'luz verde' a controlo estatal da companhia

A Autoridade da Concorrência (AdC) deu 'luz verde' ao reforço do Estado na TAP, com a aquisição de 22,5% do capital da companhia, que se somam aos 50% já detidos pela Parpública, revela um aviso hoje publicado. Empresa regista um prejuízo de 606 milhões de euros no primeiro semestre.

Prospeção de lítio na Serra d'Arga depende de avaliação ambiental

O secretário de Estado Adjunto e da Energia disse hoje que a inclusão ou exclusão de Arga, no Alto Minho, no concurso para prospeção e pesquisa de lítio, está dependente da Avaliação Ambiental Estratégica (AAE) que irá iniciar-se.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

D'Mais

Alberto Índio e Inês...