Info

Fogo que deflagrou em Oliveira de Frades em rescaldo e consolidação

Fogo que deflagrou em Oliveira de Frades em rescaldo e consolidação
| Norte
Porto Canal com Lusa

O incêndio rural que deflagrou na segunda-feira em Oliveira de Frades, estendendo-se aos concelhos de Sever do Vouga e Águeda, estava às 10:15 de hoje em fase de rescaldo e consolidação, segundo a Proteção Civil.

Em declarações à agência Lusa, fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viseu adiantou que às 10:15 o incêndio estava em "fase de consolidação e rescaldo em todo o seu perímetro".

A mesma fonte disse que no local estavam àquela hora 318 operacionais mobilizados, com 110 veículos e um meio aéreo a auxiliar na vigilância.

O fogo deflagrou na segunda-feira numa zona de mato na localidade de Antelas, concelho de Oliveira de Frades, no distrito de Viseu, e estendeu-se depois aos concelhos de Sever do Vouga e Águeda, no distrito de Aveiro.

Segundo dados do satélite Copernicus divulgados na quarta-feira pela Proteção Civil, o fogo de Oliveira de Frades consumiu 2.100 hectares de vegetação diversa, sobretudo eucaliptos.

Pedro Nunes, comandante da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), revelou ao final da tarde de quarta-feira que as imagens do satélite se reportam a 48 horas de atividade do incêndio.

O comandante referiu então que o contingente de combate às chamas, que inclui bombeiros de diversas corporações do Norte e Centro do país, iria ser depois progressivamente "desgraduado".

"Vamos desgraduar as nossas forças em cerca de 30% até ao fim de semana, mas não vamos baixar a guarda", afirmou.

Um bombeiro de 41 anos morreu na segunda-feira enquanto combatia este incêndio no concelho de Oliveira de Frades.

Segundo a médica do INEM Paula Neto, além da vítima mortal, há a lamentar oito feridos ligeiros e mais duas dezenas de bombeiros assistidos no local.

De acordo com a informação disponível no 'site' da ANEPC, às 10:15 estavam envolvidos no combate a 19 incêndios (em curso, em resolução ou em conclusão) 646 operacionais, apoiados por 214 viaturas e 10 meios aéreos.

Dos 19 fogos, três estavam no estado "em curso", ou seja, ainda não tinham sido dominados/circunscritos.

Às 10:15, o fogo que deflagrou às 15:49 de quarta-feira na localidade de Pedras Frias, concelho de Caminha, distrito de Viana do Castelo, era o que mobilizava mais meios, com 104 operacionais, 132 veículos e oito meios aéreos.

A informação disponível na página da Proteção Civil indica três estados para os incêndios rurais: em curso, em resolução e em conclusão.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.