Info

Lar em Vimioso com um caso positivo de Covid-19

| Norte
Porto Canal com Lusa

O provedor da Santa Casa da Misericórdia de Vimioso (SCMV) disse hoje que há o registo, nas últimas horas, de "um caso positivo" para Covid-19 no lar idosos daquela vila do distrito de Bragança.

"Há uma caso confirmado de covid-19, no lar de São José, que é tutelado pela SCMV. Trata-se de um funcionário da instituição que já se encontra em isolamento profilático", concretizou à Lusa Francisco Machado.

O responsável indicou que "não há ninguém com sintomas ou situação grave de infeção provocada pelo novo coronavírus".

O lar da SCMV tem 67 utentes e 44 funcionários.

Francisco Machado disse que já foi solicitado à Saúde Pública a realização de testes no Lar de São José, em Vimioso.

O responsável indicou que foram tomadas todas as medidas de isolamento profilático de acordo com as normas da Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o último boletim emitido pela Unidade Local de Saúde Bragança, ao qual a Lusa teve acesso, no concelho de Vimioso, há o registo de 27 casos ativos de covid-19.

Portugal contabiliza pelo menos 1.849 mortos associados à covid-19 em 61.541 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim DGS.

+ notícias: Norte

Lar do concelho de Vimioso regista 37 casos positivos de Covid-19

Vinte e oito utentes e nove funcionários do lar de Carção, Vimioso, tiveram resultados positivos para a covid-19 nos testes realizados após a doença ter sido detetada num idoso que morreu na sexta-feira, adiantou hoje o autarca local.

ARS-N admite saldar em breve dívida de 100 mil euros aos bombeiros do distrito do Porto

A Administração Regional de Saúde (ARS) Norte admitiu hoje à Lusa pagar nos próximos dias a dívida de 100 mil euros pelo transporte de doentes reclamada pela Federação dos Bombeiros do Distrito do Porto.

Associação acusa Proteção Civil de má gestão dos processos disciplinares de bombeiros

O presidente da Fénix - Associação Nacional de Bombeiros e Agentes da Proteção Civil (ANBAPC) disse hoje à Lusa que a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) é "inoperante" na gestão dos processos disciplinares aos soldados da paz.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.