Info

Navio cruzeiro que opera no Douro com seis casos positivos de Covid-19

Navio cruzeiro que opera no Douro com seis casos positivos de Covid-19
| Norte
Porto Canal com Lusa

Dois passageiros, de nacionalidade francesa, e quatro tripulantes de um navio cruzeiro que opera no rio Douro, da empresa CroisiEurope, testaram positivo à covid-19, disse hoje fonte da Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte.

Contactada pela Lusa, fonte da ARS-Norte confirmou estes dados referindo que todos os passageiros e tripulantes da embarcação estão a ser testados.

No total, de acordo com a mesma fonte, são 67 passageiros e 20 tripulantes.

A situação está a ser acompanhada pela autoridade de saúde e pelo presidente da Câmara de Castelo de Paiva, no distrito de Aveiro, local onde o barco está atracado.

A fonte escusou-se, contudo, a avançar se alguns dos infetados se encontra hospitalizado.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 893.524 mortos e infetou mais de 27,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.846 pessoas das 60.895 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

+ notícias: Norte

Gondomar com mais de 800 casos ativos de Covid-19. Autarca volta a fazer apelo à população

O concelho de Gondomar conta neste sábado com mais de 800 casos ativos de Covid-19, quem o diz é Marco Martins, Presidente da Câmara Muncipal de Gondomar, na página de Facebook, apelando à população que cumpra as regras definidas pela Direção-Geral da Saúde para tentar conter a escalada de casos no país.

Covid-19: Concelhos próximos de Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira em avaliação

A ministra da Saúde disse hoje que há concelhos na região Norte que "merecem maior preocupação" e estão a ser avaliados "muito concretamente" pelas autoridades de saúde, nomeadamente aqueles que ficam próximos de Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.