Info

GNR e PJ continuam a caça ao homem em S. João da Pesqueira

GNR e PJ continuam a caça ao homem em S. João da Pesqueira
| País
Porto Canal

O homem suspeito de ter baleado quatro mulheres no concelho de S. João da Pesqueira, na quinta-feira, continua a ser procurado pela Polícia Judiciária e GNR, especialmente no norte do distrito de Viseu, disse hoje fonte policial.

De acordo com fonte oficial da GNR, as duas estruturas continuam "a trabalhar em colaboração, para tentarem localizar o homem que terá disparado em quatro mulheres", na quinta-feira, em Valongo dos Azeites, concelho de S. João da Pesqueira, distrito de Viseu.

"As buscas incidem especialmente na área do norte do distrito de Viseu", referiu.

Contactado pela agência Lusa, o porta-voz do Exército, Jorge Pedro, informou que até ao momento não recebeu qualquer tipo de pedido de apoio para participar nas buscas ao homem suspeito de ter baleado as quatro mulheres.

"Não há qualquer tipo de contingente das Forças Armadas envolvido", esclareceu.

Na quinta-feira, quatro mulheres foram baleadas na freguesia de Valongo dos Azeites, no norte do distrito de Viseu, tendo duas acabado por morrer e outras duas ficado feridas.

O suspeito é um homem de 61 anos, que estava com pulseira eletrónica desde outubro de 2013 e proibido de contactar a sua ex-mulher, que foi uma das baleadas.

Foram ainda atingidas a tiro de caçadeira a filha do suspeito, que sofreu ferimentos graves, e a sua ex-sogra e uma tia da ex-mulher, que acabaram por morrer.

+ notícias: País

Portugal ultrapassa os 100 mil casos desde o início da pandemia. 17 mortos e 1.949 casos de infeção de Covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza mais 17 mortos e 1.949 casos de infeção com o novo coronavirus, ultrapassando hoje os 100 mil casos desde o início da pandemia de covid-19, indicou hoje a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.