Info

Mulher baleada em S. João da Pesqueira levada de helicóptero para Coimbra

| País
Fonte: Agência Lusa

S. João da Pesqueira, 17 abr (Lusa) -- Uma das quatro mulheres que hoje à tarde foram baleadas em Valongo dos Azeites, São João da Pesqueira, foi transportada de helicóptero para Coimbra em estado grave, disse à agência Lusa o comandante dos bombeiros locais.

Quatro mulheres foram hoje baleadas naquela freguesia do norte do distrito de Viseu, tendo duas acabado por morrer e outras duas ficado feridas.

O comandante Paulo Esteves referiu que aquela que ficou ferida gravemente terá entre 40 e 50 anos e é "mulher ou ex-mulher" do presumível agressor, que se encontra fugido.

A outra mulher ferida é a filha, que "aparenta ter entre 20 e 25 anos" e "só tinha ferimentos numa perna", tendo sido transportada de ambulância para o Hospital de Viseu.

Segundo Paulo Esteves, "as vítimas mortais são a sogra e a tia" do presumível agressor, a primeira com cerca de 80 anos e a segunda com uma idade entre os 50 e os 60 anos.

O comandante explicou que os bombeiros receberam o alerta às 16:10 "para uma paragem respiratória".

"Mas quando chegámos ao local deparámo-nos com mais três feridas", contou, acrescentando que os bombeiros ainda realizaram os procedimentos de Suporte Básico de Vida para tentar salvar a tia, mas sem êxito.

AMF // ROC

Lusa/fim

+ notícias: País

Queda de elevador em edifício na Av. Casal Ribeiro em Lisboa provoca um morto

Um homem morreu hoje na sequência da queda de um elevador, ao qual fazia manutenção, numa instituição bancária na Avenida Casal Ribeiro, em Lisboa, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

Ordem dos Médicos diz que número de formação em 2020 será o maior de sempre

O número de vagas para internato médico do próximo ano será o "maior de sempre", anunciou hoje a Ordem dos Médicos, adiantando que haverá mais de 1.800 vagas para especialidade médica, mais uma centena do que no ano passado.

PJ detém homem de 36 anos por suspeita de fogo posto em Viseu

Um homem desempregado, de 36 anos, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) por suspeita de ter ateado um incêndio florestal em Viseu, foi hoje anunciado.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS