Info

GNR registou 800 incêndios até domingo nos quatro concelhos mais afetados do distrito Porto

GNR registou 800 incêndios até domingo nos quatro concelhos mais afetados do distrito Porto
| Norte
Porto Canal com Lusa

O comando territorial do Porto da GNR informou hoje ter registado, desde 01 de janeiro, cerca de 800 ocorrências de incêndio nos concelhos de Paredes, Felgueiras, Valongo e Santo Tirso, os mais afetados no distrito do Porto.

Segundo a autoridade, os dados foram recolhidos até 9 de agosto e indicam uma área ardida de 1.166 hectares, no conjunto dos quatro municípios.

Paredes foi o concelho onde ocorreu o maior número de incêndios (405), correspondendo a uma área ardida de 286 hectares.

Em número de ocorrências, seguiu-se o município de Felgueiras, com 164 incêndios e uma área ardida de 147 hectares.

Em Valongo foram registadas 150 ocorrências, afetando 266 hectares.

O concelho de Santo Tirso foi o que sofreu maiores danos em termos de área ardida (465 hectares), provocada por 88 ocorrências.

Num comunicado enviado à Lusa, a GNR assinala que, "em coordenação com a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), continuará a ir junto das populações em geral e, em particular, das autarquias, produtores florestais, comunidades escolares e agricultores, promover ações de sensibilização".

Essas ações, acrescenta a autoridade policial, têm "o intuito de alertar para a importância dos procedimentos preventivos a adotar, nomeadamente sobre o uso do fogo em queimas e queimadas, a limpeza e remoção de matos, a manutenção das faixas de gestão de combustível e a adoção de medidas de proteção dos aglomerados e de autoproteção, no âmbito dos Programas Aldeia Segura e Pessoas Seguras".

+ notícias: Norte

Centenas de pessoas sobem Serra d'Arga contra prospeção de lítio na região

Centenas de pessoas subiram a Serra d'Arga, em Viana do Castelo, neste domingo, num protesto contra a exploração de lítio na região. A população apela à "consciencialização" para que não se cometa uma "atrocidade" na paisagem da serra.

"É expectável que o número de infetados (da excursão de Grijó) aumente"

César Rodrigues, Presidente da junta de Freguesia de Grijó, afirma que "é expectável que o número de infetados, do grupo que realizou a excursão religiosa, aumente" devido ao contacto que as pessoas vão tendo umas com as outras.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.