Info

Covid-19: Autarca brasileiro propõe combater vírus com aplicação de ozónio por via retal

| Mundo
Porto Canal com Lusa

São Paulo, 04 ago 2020 (Lusa) - O prefeito da cidade brasileira de Itajai, no estado de Santa Catarina, afirmou que a cidade deverá adotar a aplicação de ozónio por via retal como medida de tratamento contra o novo coronavírus.

Segundo o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, que também é médico, o tratamento poderá ser usado em pacientes com sintomas da covid-19, em até 10 sessões.

"É uma aplicação simples, rápida, de dois ou três minutinhos por dia, provavelmente vai ser uma aplicação via retal. É uma aplicação tranquilíssima, rapidíssima de dois minutos com cateter fino, e isso dá um resultado excelente", disse Morastoni durante uma transmissão ao vivo na rede social Facebook, na segunda-feira.

Não há estudos científicos que comprovem a eficácia ou segurança deste tipo de terapia contra a covid-19 nem recomendação de autoridades de saúde brasileiras nesse sentido.

No Brasil, a ozonioterapia só é permitida em estudos experimentais e o seu uso requer a aprovação de protocolos junto do Comité de Ética em Pesquisa do Ministério da Saúde.

O prefeito de Itajaí adiantou que já pediu ao Ministério da Saúde que a cidade faça parte de um protocolo de pesquisa sobre a ozonioterapia no combate ao novo coronavírus e disse que o município poderá ter um laboratório de ozónio.

"Com isso, nós vamos ser autorizados a ter um laboratório de ozónio. Já estamos definindo o local [...] Vamos explicar depois detalhadamente como será aplicação para casos positivos [de covid-19]", afirmou Morastoni.

Segundo o prefeito de Itajaí, a cidade registou até segunda-feira 3.648 casos e 105 mortes provocadas pela pandemia.

Além da ideia sobre a ozonioterapia, as autoridades da cidade também estão a fornecer tratamento com cânfora, com o medicamento contra vermes ivermectina e com o antibiótico azitromicina.

O Brasil é o país lusófono mais afetado pela pandemia e um dos mais atingidos no mundo, ao contabilizar o segundo número de infetados e de mortos (mais de 2,7 milhões de casos e 94.665 óbitos), depois dos Estados Unidos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 694 mil mortos e infetou mais de 18,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

CYR // VM

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Pfizer atrasa entrega de vacinas na Europa para melhorar produção

O laboratório norte-americano Pfizer advertiu hoje para uma quebra "a partir da próxima semana" nas entregas das vacinas anti-covid na Europa, com vista a melhorar a sua capacidade de produção, anunciaram hoje as autoridades norueguesas.

Covid-19: Cabo Verde vai vacinar dez mil funcionários do turismo na primeira fase

Santa Maria, Cabo Verde, 19 jan 2020 (Lusa) -- Cabo Verde vai vacinar cerca de 10 mil funcionários ligados ao setor do turismo, numa primeira fase que deverá arrancar ainda neste trimestre, para proteger os turistas que visitam Cabo Verde, anunciou o vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças.

Filho de Carlos São Vicente pode ser ouvido em Portugal

Luanda, 19 jan 2021 (Lusa) -- O filho do empresário Carlos São Vicente, recentemente constituído arguido no mesmo processo do pai, preso em Angola, pode ser ouvido em Portugal, onde se encontra atualmente, ao abrigo de mecanismos de cooperação judiciária entre ambos os países.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.