ESPECIAL CANDIDATURAS
CLIQUE AQUI PARA VER MAIS
Projeto Parceria
Porto Canal
Info

Covid-19: Doença matou 685.780 pessoas e soma quase 18 milhões de casos no mundo

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Redação, 02 ago 2020 (Lusa) -- A pandemia de covid-19 já matou pelo menos 685.780 em todo o mundo desde que o vírus foi detetado na China, em dezembro, refere o último balanço feito pela Agência France-Presse (AFP) com base em dados oficiais.

Mais de 17.896.220 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados em 196 países e territórios, dos quais pelo menos 10.326.000 já foram considerados curados.

O número de casos diagnosticados só reflete, no entanto, uma fração do número real de infeções, já que alguns países testam apenas casos graves, outros fazem os testes para rastreio e muitos países mais pobres só têm capacidade limitada de fazer teste.

No sábado, foram registadas 5.557 mortes e 263.110 novos casos da doença em todo o mundo, sendo que os países que mais vítimas mortais contabilizaram nos seus últimos relatórios foram o Brasil, com 1.088 pessoas, os Estados Unidos (1.051) e a Índia (853).

Os Estados Unidos são o país mais afetado tanto em termos de vítimas mortais como de infeções, com 154.449 mortes e 4.620.502 casos, segundo a Universidade Johns Hopkins.

Pelo menos 1.461.885 pessoas foram declaradas curadas no país.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são o Brasil, com 93.563 mortos e 2.707.877 casos, o México, com 47.472 mortos e 434.193 casos, o Reino Unido, com 46.193 mortos e 303.952 casos, e a Índia com 37.364 mortos e 1.750.723 casos.

Entre os países mais atingidos, a Bélgica é a que apresenta o maior número de mortes em relação à sua população, com 85 mortes por cada 100.000 habitantes, seguida do Reino Unido (68), de Espanha (61), do Peru (59) e da Itália (58).

A China (excluindo os territórios de Hong Kong e Macau) contabiliza oficialmente um total de 84.385 casos (48 novos nas últimas 24 horas), incluindo 4.634 mortes e 79.003 recuperações.

A Europa totalizava 210.487 mortes e 3.191.892 casos às 11:00 TMG (12:00 em Lisboa), enquanto a América Latina e as Caraíbas registavam 200.212 mortes e 4.919.054 casos.

Os Estados Unidos e o Canadá contabilizavam 163.424 mortes e 4.737.084 casos, enquanto na Ásia se somavam 63.844 mortes e 2.917.571 casos.

O Médio Oriente contabilizava 27.643 mortes e 1.165.720 casos, África 19.930 mortes e 945.248 casos e Oceânia 240 mortes e 19.656 casos.

Esta avaliação foi realizada usando dados recolhidos pela AFP junto das autoridades nacionais de saúde e com informações da Organização Mundial da Saúde.

Em Portugal, morreram 1.737 pessoas das 51.310 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

PMC // EA

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Covid-19: Vacina russa entra em circulação em 01 de janeiro de 2021

Moscovo, 11 ago 2020 (Lusa) - A primeira vacina a covid-19 registada no mundo, anunciada hoje pelo Presidente russo, Vladimir Putin, vai entrar em circulação em 01 de janeiro de 2021, segundo o Ministério da Saúde da Rússia.

Covid-19: Putin diz que Rússia já registou vacina e que a filha foi inoculada. Vacina não completou a Fase 3

A Rússia tornou-se hoje o primeiro país do mundo a registar uma vacina contra o novo coronavírus, anunciou o presidente russo, Vladimir Putin, acrescentando que uma das suas filhas já foi inoculada. 

Acidente com avião da Air Índia Express causa 14 mortos e 123 feridos

Pelo menos 14 pessoas morreram e 123 ficaram feridas, 20 delas com gravidade, depois de um avião da Air Índia Express ter saído da pista após aterrar no meio de chuva torrencial num aeroporto no sul da Índia, indicou a polícia.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.