ESPECIAL CANDIDATURAS
CLIQUE AQUI PARA VER MAIS
Projeto Parceria
Porto Canal
Info

Covid-19: Pndemia já matou mais de 680 mil pessoas em todo o mundo

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Redação, 01 ago 2020 (Lusa) -- A pandemia de covid-19 já matou pelo menos 680.014 pessoas em todo o mundo e infetou 17.638.510 desde dezembro, refere o último balanço feito pela Agência France-Presse (AFP) com base em dados oficiais.

Do total de casos de infeção oficialmente diagnosticados em 196 países e territórios desde o final do ano passado, pelo menos 10.156.500 foram considerados curados.

O número de casos diagnosticados só reflete, no entanto, uma fração do número real de infeções, já que alguns países testam apenas casos graves, outros fazem os testes para rastreio e muitos países mais pobres só têm capacidade limitada de fazer teste.

Na sexta-feira, foram contabilizadas 6.469 novas mortes e 286.453 novos casos de covid-19 em todo o mundo.

Os países que registaram mais mortes nos seus últimos relatórios de balanço foram os Estados Unidos, com 1.442 novas mortes, o Brasil (1.212) e a Índia (764).

Os Estados Unidos são o país mais afetado tanto em termos de vítimas mortais como de infeções, com 153.314 mortes e 4.562.170 casos, segundo a contagem da Universidade Johns Hopkins.

Pelo menos 1.438.160 pessoas foram declaradas curadas no país.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são o Brasil, com 92.475 mortos e 2.662.485 casos, o México, com 46.688 mortos e 424.637 casos, o Reino Unido, com 46.119 mortos e 303.181 casos, e a Índia com 36.511 mortos e 1.695.988 casos.

Entre os países mais atingidos, a Bélgica é a que apresenta o maior número de mortes em relação à sua população, com 85 mortes por cada 100.000 habitantes, seguida do Reino Unido (68), de Espanha (61), do Peru (58) e da Itália (58).

A China (excluindo os territórios de Hong Kong e Macau) contabilizou oficialmente um total de 84.337 casos (45 novos nas últimas 24 horas), incluindo 4.634 mortes e 78.989 recuperações.

A Europa totalizava 210.200 mortes e 3.177.936 casos às 11:00 TMG (12:00 em Lisboa), enquanto a América Latina e as Caraíbas registavam 197.544 mortes e 4.828.413 casos.

Os Estados Unidos e o Canadá contabilizavam 162.278 mortes e 4.678.286 casos, enquanto na Ásia se somavam 62.779 mortes e 2.848.811 casos.

O Médio Oriente contabilizava 27.321 mortes e 1.156.750 casos, África 19.660 mortes e 929.326 casos e Oceânia 232 mortes e 18.995 casos.

Esta avaliação foi realizada usando dados recolhidos pela AFP junto das autoridades nacionais de saúde e com informações da Organização Mundial da Saúde.

Em Portugal, morreram 1.735 pessoas das 51.072 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

PMC // PNG

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Acidente com avião da Air Índia Express causa 14 mortos e 123 feridos

Pelo menos 14 pessoas morreram e 123 ficaram feridas, 20 delas com gravidade, depois de um avião da Air Índia Express ter saído da pista após aterrar no meio de chuva torrencial num aeroporto no sul da Índia, indicou a polícia.

Acidente durante aterragem de avião com 191 passageiros na Índia provoca dois mortos

Um avião com 191 passageiros a bordo despenhou-se durante a aterragem no Aeroporto Internacional de Calecute, na Índia, relata a imprensa internacional. O acidente ocorreu durante fortes chuvas provocando 35 feridos e dois mortos foram confirmados até ao momento, depois da aeronave ter incendiado e partido ao meio.

(em atualização)

Número indeterminado de mortos e feridos nas explosões em Beirute

Duas fortes explosões sucessivas sacudiram Beirute hoje, causando número ainda indeterminado de mortos e feridos, semeando o pânico e causando um enorme cogumelo de fumo no céu da capital libanesa, disseram as autoridades.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.