ESPECIAL CANDIDATURAS
CLIQUE AQUI PARA VER MAIS
Projeto Parceria
Porto Canal
Info

Braga e Guimarães "já estão a trabalhar" em ligação por metro de superfície

Braga e Guimarães "já estão a trabalhar" em ligação por metro de superfície
| Norte
Porto Canal com Lusa

O presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, afirmou que aquele município e Braga já estão a trabalhar para conseguir uma ligação entre as duas cidades por metro de superfície, um investimento que poderá ascender a 150 milhões de euros.

"Já estamos a trabalhar neste objetivo", referiu Domingos Bragança, aos jornalistas, no final da apresentação de seis projetos colaborativos do Plano de Ação do Gabinete de Crise e da Transição Económica do município de Guimarães.

O autarca disse que Guimarães e Braga já pensam neste projeto "há anos" e que já há estudos anteriores, mas sublinhou que este é o momento certo para avançar, porque "parece que as circunstâncias combinam todas para que seja exequível".

"Ou aproveitamos agora este novo quadro comunitário de apoio e o Fundo de Recuperação Económica ou este projeto se atrasará irremediavelmente", referiu.

Para Domingos Bragança, "a parte da concretização começa agora".

A condução do dossiê ficará sob a alçada do ex-reitor da Universidade do Minho António Cunha, presidente do através do Gabinete de Crise e da Transição Económica do município de Guimarães.

Domingos Bragança adiantou que o avanço do projeto "não perderá a noção do Quadrilátero Urbano", admitindo que poderá ser alargado também a Vila Nova de Famalicão e Barcelos.

"Nunca quero fechar a rede, não há como cooperar. Ganhamos força quando unimos as cidades", referiu.

Também presente na sessão, o secretário de Estado da Economia, João Neves, aplaudiu a iniciativa do metro de superfície, sublinhando que a inexistência de instrumentos de mobilidade conduz ao "enquistamento" dos territórios densamente povoados.

"Instrumentos de mobilidade como este são algo extremamente positivo e é claro que este tipo de instrumentos vão ter um quadro muito favorável, nomeadamente no plano de recuperação económica que resulta das decisões do Conselho Europeu", referiu o governante.

Por isso, João Neves disse acreditar que os dois municípios vão criar as condições necessárias para que o projeto "vá para o terreno rapidamente".

A ideia dos dois municípios é que o metro tenha paragens nos campi de Braga e Guimarães da Universidade do Minho.

O projeto do metro à superfície faz parte do plano de recuperação assinado por António Costa e Silva para relançar a economia nacional e que será posto em prática através dos fundos provenientes da União Europeia.

O presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, também já se manifestou esta semana sobre o projeto, afirmando estar convicto de que há condições para a concretização, num futuro próximo, da ligação.

Rio lembrou que o projeto é apoiado, "desde a primeira hora", pelo ministro do Ambiente.

No entanto, Rio lembrou que "ainda falta fazer praticamente tudo", a começar pelos estudos prévios para definição do trajeto.

+ notícias: Norte

GNR registou 800 incêndios até domingo nos quatro concelhos mais afetados do distrito Porto

O comando territorial do Porto da GNR informou hoje ter registado, desde 01 de janeiro, cerca de 800 ocorrências de incêndio nos concelhos de Paredes, Felgueiras, Valongo e Santo Tirso, os mais afetados no distrito do Porto.

Homem de 40 anos detido em flagrante por violência doméstica em Melgaço

 

Um homem de 40 anos foi detido pela GNR, esta terça-feira, em flagrante por violência doméstica, no concelho de Melgaço, apurou o Porto Canal junto das autoridades.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.