ESPECIAL CANDIDATURAS
CLIQUE AQUI PARA VER MAIS
Projeto Parceria
Porto Canal
Info

Mário Silva Carvalho recebe Prémio Literário Luís Miguel Rocha de Viana do Castelo

| Norte
Porto Canal com Lusa

Viana do Castelo, 29 jul 2020 (Lusa) - O escritor Mário Silva Carvalho recebeu o Prémio Literário Luís Miguel Rocha que conquistou em maio com a obra "Crónica Menor de Robim da Flândria", informou hoje a Câmara de Viana do Castelo.

Em comunicado enviado hoje às redações, a Câmara da capital do Alto Minho explicou que a entrega do Prémio Literário decorreu na terça-feira, integrada na programação da feira do livro que decorre na cidade até sábado.

Segundo a autarquia, "a obra vencedora será agora publicada pela Porto Editora, em 2021", e o seu autor recebeu "um prémio pecuniário de seis mil euros atribuído pelo município".

Segundo Mário Silva Carvalho, citado na nota de imprensa, o livro vencedor está "completamente fora do seu terreno e que tem por base um cenário de verdade, com rigor histórico".

Segundo o autor, este será, para os leitores, "um exercício de imaginação, de conhecer a cidade e as pessoas da cidade".

Já o Presidente da Câmara de Viana do Castelo disse ser "muito importante valorizar as pessoas, que são o mais importante de um território, assegurando que Luís Miguel Rocha, que originou este prémio, era uma personalidade pela qual todos tinham muito apreço", e este concurso "perpetua a sua obra".

O concurso literário promovido pela Câmara Municipal, em parceria com a Porto Editora, contou com um júri constituído pelos escritores José Viale Moutinho e Francisco Duarte Mangas e pela diretora editorial da Porto Editora, Cláudia Gomes. A obra vencedora foi escolhida entre os 70 livros a concurso.

Mário Silva Carvalho, nascido em 1948, na freguesia de Pampilhosa, concelho da Mealhada, distrito de Aveiro, é licenciado em História pela Universidade de Coimbra.

Em 2013, ganhou o Prémio Literário João Gaspar Simões, atribuído pela Câmara Municipal da Figueira da Foz, com o romance "Diário de um Carbonário". No mesmo ano ganhou a 15.ª edição do Concurso Literário Dr. João Isabel com o conto "O regresso de Artur". Em 2016, publicou o romance "O brasileiro de Vizella" e, mais recentemente, lançou o romance "A amazona portuguesa".

O Prémio Literário Luís Miguel Rocha foi criado pela Câmara de Viana do Castelo para perpetuar a obra do escritor que viveu grande parte da vida no concelho.

Luís Miguel Rocha nasceu no Porto, em 1976, mas fixou-se em Viana do Castelo, onde fez os estudos no ensino básico e secundário. Dedicou-se desde cedo em exclusivo à escrita, tendo publicado seis títulos que se encontram traduzidos em mais de 30 países.

Uma das suas obras, "O Último Papa", figurou no 'top' do The New York Times e vendeu meio milhão de exemplares em todo o mundo.

Luís Miguel Rocha morreu em 26 de março de 2015, em Viana do Castelo.

Postumamente, em fevereiro de 2016, foi publicado o seu livro "Curiosidades do Vaticano".

ABC // MAG

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

GNR registou 800 incêndios até domingo nos quatro concelhos mais afetados do distrito Porto

O comando territorial do Porto da GNR informou hoje ter registado, desde 01 de janeiro, cerca de 800 ocorrências de incêndio nos concelhos de Paredes, Felgueiras, Valongo e Santo Tirso, os mais afetados no distrito do Porto.

Homem de 40 anos detido em flagrante por violência doméstica em Melgaço

 

Um homem de 40 anos foi detido pela GNR, esta terça-feira, em flagrante por violência doméstica, no concelho de Melgaço, apurou o Porto Canal junto das autoridades.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.