Info

Centro Hospitalar do Alto Ave envia médicos e equipamento para a Guiné-Bissau

| Norte
Fonte: Agência Lusa

Guimarães, 07 abr (Lusa) - O Centro Hospitalar do Alto Ave (CHAA) anunciou hoje que vai enviar equipamento que já não usa e médicos para a Guiné-Bissau, contribuindo para a "melhoria da disponibilidade e qualidade" de cuidados de saúde naquele país.

Em comunicado enviado à agência Lusa, o CHAA explica que as missões médicas, de curta duração e em regime de voluntariado, serão feitas ao abrigo de um protocolo entre o CHAA e o Instituto Marquês de Valle Flôr.

Com o objetivo de "apoiar a população da República da Guiné-Bissau a atingir os Objetivos de Desenvolvimento do Milénio, da Organização das Nações Unidas, na área da Saúde", nomeadamente no que concerne à área maternoinfantil, o CHAA vai enviar para a Guiné-Bissau profissionais de especializados de cirurgia geral, obstetrícia-ginecologia, anestesiologia e de enfermagem do bloco operatório, entre outros profissionais.

Ambas as entidades, lê-se no protocolo, "pretendem melhorar as condições de prestação de cuidados médicos especializados na Guiné-Bissau e a formação de médicos e técnicos guineenses" pelo que "a colaboração entre as duas entidades prevê, também, a realização de sessões de formação de recursos humanos guineenses e de campanhas de informação e educação para a saúde".

Além disso, o acordo assinado contempla ainda a "doação de equipamentos fora de uso no Centro Hospitalar e de consumíveis médico-cirúrgicos, sempre que possível e de acordo com as necessidades do projeto".

JYCR // JGJ

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Homem morre ao cair de telhado em Vila Nova de Gaia

Um homem morreu na sequência de uma queda de um telhado, neste sábado, no largo do Bôdo, em Serzedo, Vila Nova de Gaia, apurou o Porto Canal junto das autoridades.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.