Info

Mais de 50% dos portugueses querem que Centeno continue no Governo

Mais de 50% dos portugueses querem que Centeno continue no Governo
| Política
Porto Canal com Lusa

Mais de 50% dos potugueses querem que Mário Centeno continue como ministro de Estado e das Finanças, segundo um estudo em que 69% dos inquiridos acham que António Costa "fez bem" em apoiar a recandidatura presidencial de Marcelo Rebelo de Sousa.

O estudo da Eurosondagem, para o semanário Sol e o Porto Canal, indica que 55,5% dos entrevistados acham que Centeno "deve continuar como ministro" do executivo liderado por António Costa, contra 25,2% que apoiam a sua ida para governador do Banco de Portugal e 19,3% que têm dúvidas, não sabem ou não quiseram responder.

Questionados sobre o apoio implícito de Costa à recandidatura de Marcelo a Belém, manifestado durante uma visita à fábrica Autoeuropa, em Palmela, em maio, 69,0% dos inquiridos responderam que o primeiro-ministro "fez bem", contra 21% com a opinião contrária e 10% que disseram ter dúvidas ou não sabem ou querem responder.

O prolongamento do 'lay-off' simplificado "por mais algum tempo", para acorrer à crise económica e social provocada pela pandemia da covid-19, é apoiado por 66,6% dos entrevistados, contra 11,1%, que estão contra, e 23,3% que têm dúvidas, não sabem ou não querem responder.

Relativamente às intenções de voto, o estudo da Eurosondagem coloca o PS na frente, com 38,0%, seguido do PSD (29,3%), BE (8,0%), CDU (5,3%), Chega (4,1%), PAN (3,0%), CDS-PP (2,7%) e Iniciativa Liberal (1,1%). No estudo, 8,5% dos inquiridos manifestaram a intenção de votar no Livre, Branco ou Nulo.

O estudo da Eurosondagem para o Sol e o Porto Canal foi realizado entre os dias 01 e 04 de junho através de 1.021 entrevistas telefónicas validadas e tem um erro máximo de 3,07%, para um grau de probabilidade de 95,0%.

+ notícias: Política

Covid-19: Jerónimo de Sousa avisa Governo para não repetir "dose" de gestão privada na TAP

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, insistiu hoje na necessidade de nacionalização da companhia aérea TAP e avisou o Governo para não repetir a "dose" de permitir que a empresa continue a ser gerida por privados.

Inspeção ao aterro de Valongo "levanta algumas preocupações" - ministro

O ministro do Ambiente afirmou que o relatório provisório da inspeção ao aterro de Valongo “levanta algumas preocupações”, mas remeteu novidades para segunda ou terça-feira.

Costa afasta "Bloco Central" e recusa aceitar incapacidade da esquerda para visão comum

O secretário-geral socialista garantiu hoje que vai manter o rumo político e não haverá "Bloco Central" PS/PSD, frisando que recusa aceitar que a esquerda seja incapaz de se entender sobre uma visão comum para o país.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.