Info

Covid-19: Mais de 390 mil mortos e mais de 6,6 milhões de infetados no mundo

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Paris, 05 jun 2020 (Lusa) - A pandemia do novo coronavírus já matou 390.868 pessoas e infetou mais de 6,6 milhões em todo o mundo desde dezembro, segundo um balanço da agência AFP, referente às 11:00 TMG de hoje e baseado em dados oficiais.

De acordo com os dados recolhidos pela agência noticiosa francesa, às 11:00 TMG (12:00 de Lisboa) de hoje, 6.640.290 casos de infeção com o novo coronavírus, que provoca a doença covid-19, foram oficialmente diagnosticados em 196 países e territórios desde o início da epidemia, em dezembro de 2019 na cidade chinesa de Wuhan, dos quais pelo menos 2.867.400 agora são considerados curados.

A AFP avisa que o número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do total real de infeções, pois alguns países estão a testar apenas as situações graves com internamento hospitalar, outros usam o teste como uma prioridade para o rastreamento e muitos estados pobres têm capacidade limitada de rastreamento.

Os Estados Unidos, que tiveram a sua primeira morte ligada ao coronavírus no início de fevereiro, são o país mais afetado em termos de número de óbitos e de casos, com 108.211 mortes e 1.872.660 infeções. Pelo menos 485.002 pessoas já foram declaradas curadas pelas autoridades norte-americanas.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são o Reino Unido, com 39.904 mortes em 281.661 casos, o Brasil, com 34.021 óbitos (614.941 casos), a Itália, com 33.689 mortes (234.013 casos) e a França, com 29.065 mortes (189.441 casos).

A China (excluindo os territórios de Hong Kong e Macau) contabilizou oficialmente um total de 83.027 casos (cinco novos entre quinta-feira e hoje), incluindo 4.634 mortes e 78.327 curas.

A Europa totalizava às 11:00 TMG de hoje 181.769 mortes e 2.230.707 casos, os Estados Unidos e o Canadá 115.910 mortes (1.966.386 casos), a América Latina e Caribe 60.327 mortes (1.195.940 casos), a Ásia 17.876 mortes (620.353 casos), o Médio Oriente 10.100 mortes (447.993 casos), África 4.755 mortes (170.286 casos) e a Oceânia 131 mortes (8.632 casos).

Este balanço é feito a partir de dados recolhidos pelos escritórios da AFP junto de autoridades de Saúde e informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Em Portugal, morreram até hoje 1.465 pessoas das 33.969 confirmadas como infetadas, e há 20.526 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Portugal é o 24.º país do mundo com mais óbitos e o 30.º em número de infeções.

ARA // JMR

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Covid-19: China aprova vacina para uso exclusivo dos militares

A China aprovou esta segunda-feira uma vacina contra o novo coronavírus, para uso interno no Exército de Libertação Popular, as forças armadas do país, após resultados positivos nos ensaios clínicos.

Covid-19: Governo são-tomense define saúde como prioridade no orçamento retificativo para 2020

São Tomé, 06 jul 2020 (Lusa) - O Governo são-tomense entregou hoje ao parlamento o projeto de orçamento retificativo de 2020, avaliado em 130 milhões de euros, definindo como "prioridade máxima" o setor da saúde, devido ao combate à covid-19.

Covid-19: Brasil começa a testar vacina chinesa da Sinovac este mês

São Paulo, 06 jul 2020 (Lusa) -- Uma potencial vacina contra a covid-19 desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, batizada de CoronaVac, vai começar a ser testada no Brasil em 20 de julho, anunciou hoje o governador do estado de São Paulo, João Doria.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.