Info

Covid-19: PSD/Açores propõe retoma de voos inter-ilhas em 01 de junho, Dia da Região

| Política
Porto Canal com Lusa

Ponta Delgada, Açores, 23 mai 2020 (Lusa) -- O presidente do PSD/Açores, José Manuel Bolieiro, defendeu hoje a retoma das ligações aéreas inter-ilhas no arquipélago, de forma simbólica, em 01 de junho, Dia da Região, alegando que é preciso substituir o medo da covid-19 pela confiança.

"Acautelando a proteção dos passageiros, e com regras definidas, o regresso à atividade da SATA Air Açores será uma manifestação de grande confiança", afirmou José Manuel Bolieiro, citado numa nota de imprensa.

O líder regional social-democrata falava no âmbito da quarta sessão do Congresso da Sociedade, um conjunto de debates por videoconferência que o partido tem promovido sobre todas as ilhas do arquipélago, neste caso focado na ilha de São Jorge.

Desde o dia 19 de março que as ligações aéreas inter-ilhas nos Açores estão reduzidas a transporte de carga e ao transporte excecional de passageiros, com autorização da Autoridade de Saúde Regional, devido à pandemia da covid-19.

José Manuel Bolieiro sublinhou que "já foi aplanada a curva do índice de contágio da covid-19, sendo preciso fazer conviver os meios de proteção com o risco inerente que a pandemia apresenta".

"Tem de ser encontrado o equilíbrio entre a economia e a vivência social", frisou, acrescentando que é preciso "substituir o medo pela confiança".

Nesse sentido, propôs que as ligações aéreas inter-ilhas fossem retomadas, com "todas as medidas de segurança", numa data simbólica, o Dia da Região, feriado regional, em que se celebra o Espírito Santo.

As medidas de desconfinamento anunciadas pelo Governo Regional até 31 de maio não previam a retoma das ligações aéreas.

Questionado, na sexta-feira, sobre a retoma da economia e do turismo nos Açores, com a reposição das ligações aéreas inter-ilhas e o reforço das ligações para o exterior da região, o responsável da Autoridade de Saúde Regional, Tiago Lopes, disse que esse planeamento já estava a ser feito, mas que seria apenas "comunicado no momento próprio", atendendo à realidade epidemiológica da região e do país.

"Não há qualquer desenvolvimento, mas oportunamente iremos transmitir quais são os próximos passos a dar, relativamente à retoma no que diz respeito aos transportes, ao turismo e a outras áreas económicas na região", avançou.

Sete das nove ilhas dos Açores estão atualmente sem casos positivos ativos da covid-19, sendo que em três (Santa Maria, Flores e Corvo) não foram registados casos de infeção pelo novo coronavírus até ao momento e em outras quatro (Terceira, São Jorge, Faial e Graciosa) todos os doentes já foram dados como recuperados.

Desde o início do surto foram confirmados 146 casos de infeção pelo novo coronavírus no arquipélago, 16 dos quais atualmente ativos (15 em São Miguel e um no Pico), tendo ocorrido 114 recuperações (em seis ilhas) e 16 óbitos (em São Miguel).

A ilha de São Miguel é a que registou mais casos (108), seguindo-se Terceira (11), Pico (10), São Jorge (sete), Faial (cinco) e Graciosa (cinco).

CYB // SSS

Lusa/fim

+ notícias: Política

PCP avisa que não vai apoiar propostas de Orçamento do Estado que passem pela austeridade

O Secretário-Geral do PCP disse que "está nas mãos do PS impedir que o Governo caia". Em entrevista ao DN, Jerónimo de Sousa avisou António Costa que não vai apoiar propostas de Orçamento do Estado que envolvam medidas de austeridade.

Covid-19: Presidente da República diz que foi a Ovar para agradecer ao país

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, reconheceu hoje o esforço feito pela população de Ovar, durante a cerca sanitária, e elogiou a forma como o país tem vindo a lidar com a pandemia da covid-19.

Marcelo "ainda não se disponibilizou totalmente" para recandidatura presidencial - Rui Rio

O presidente do PSD, Rui Rio, afirmou hoje que os sociais-democratas "a seu tempo" tomarão uma posição sobre as presidenciais, argumentando que Marcelo Rebelo de Sousa "ainda não se disponibilizou totalmente" para uma recandidatura.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.