Info

Moradores de Paredes queixam-se de ruído de linha de alta tensão

| Norte
Porto Canal

Dezenas de habitantes da freguesia de Recarei, Paredes, queixam-se do "ruído insuportável" provocado por uma linha de muito alta tensão que entrou recentemente em funcionamento, disse hoje à Lusa um morador.

"Aquilo parece um motor a trabalhar que se ouve a 200 ou 300 metros da linha", contou Amândio Guimarães, que reside numa das zonas atravessadas por aquela linha.

Segundo aquele morador, o ruído é mais intenso quando chove, sendo "especialmente incomodativo durante a noite, quando as pessoas querem descansar".

Amândio Guimarães disse que a linha passa por cima de várias habitações nos lugares de Terronhas e Rochão.

A linha entrou em funcionamento na sexta-feira, mas o ruído tornou-se mais intenso a partir do domingo, quando recomeçou o tempo chuvoso, explicou.

O residente insistiu à Lusa que o barulho de que se queixam os moradores não é "o tradicional zumbido", habitualmente produzido pelas linhas de muito alta tensão, mas "um som mais forte, tipo um motor".

"Há outra linha idêntica que passa na freguesia e não faz um barulho tão forte", frisou.

Desde domingo, assinalou, que a situação tem sido comunicada pelos populares à Rede Elétrica Nacional (REN), mas até hoje o problema ainda não foi resolvido.

+ notícias: Norte

PSP de São Mamede de Infesta tem posto encerrado durante a noite devido a falta de pessoal

O posto da Polícia de Segurança Pública (PSP) de São Mamede de Infesta, em Matosinhos, está encerrado durante a noite, à semelhança do que acontece na Maia, Valongo e Ermesinde. A razão também é a mesma, falta de pessoal efectivo.

Dois mortos em alegado caso de homicídio seguido de suicídio em Famalicão

Duas pessoas morreram este domingo em Famalicão, distrito de Braga, num caso que leva as autoridades a suspeitar do homicídio de uma mulher seguido de suicídio do marido, disseram à Lusa fontes da Proteção Civil.

Mais de 10 horas depois, incêndio em Vila Real está em fase de resolução

O incêndio rural em Perafita, Vila Verde, distrito de Vila Real, está em fase de resolução, mantendo-se no local 150 bombeiros e 49 veículos, segundo informação disponível às 07h30 na página da Proteção Civil.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.