Info

Covid-19: Associação diz que aquacultura está à beira da falência

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 26 mar 2020 (Lusa) -- A Associação Portuguesa de Aquacultores (APA) diz que o setor está "à beira da falência" devido à crise da covid-19 e pede apoio ao Governo para que seja possível assegurar o fornecimento de pescado fresco aos pontos de venda.

"A APA e os seus associados querem continuar a assegurar o fornecimento regular de pescado fresco e de qualidade a todos os pontos de venda, mas só conseguirá fazê-lo com o apoio efetivo e rápido do Governo e da União Europeia", afirma a associação em comunicado.

No documento, a associação sublinha que a aquacultura portuguesa está "à beira da falência" devido ao impacto que a pandemia da covid-19 tem num setor com cerca de "1.000 empresas e mais de 3.000 postos de trabalho".

"Como qualquer produção animal, exige um trabalho contínuo 365 dias por ano durante as 24 horas diárias nas unidades e por isso não conseguimos reduzir os custos de exploração. Também, como em qualquer produção animal, o crescimento do 'stock' não para", refere a APA.

Segundo a associação, as vendas de peixe "já caíram abruptamente e nos bivalves são mesmo nulas desde o início de março 2020".

"A interrupção das exportações, o desaparecimento do turismo em Portugal e o encerramento dos restaurantes e depuradoras têm um impacto dramático nas vendas dos aquacultores" e "mesmo na grande distribuição nacional já se regista um decréscimo acentuado no consumo", sublinha a APA.

A associação diz que tem de ser garantido "o fornecimento de energia, oxigénio e ração para os peixes", bem como o transporte para escoar a produção.

Entre as medidas, a APA pede a "rápida implementação" da linha de crédito aprovada pelo Governo "sem juros e reembolsável em cinco anos com um ano de carência" e a melhoria dos apoios ao 'lay-off' (suspensão temporária do contrato de trabalho).

"Com a redução/paragem das vendas, o grande desafio na aquacultura é lidar com o contínuo crescimento do 'stock'", diz ainda a APA, alertando para um potencial "colapso" com a perda total ou parcialmente do 'stock' atual.

DF // CSJ

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Covid-19: Inquérito da AHRESP revela que 30% de restaurante e hotéis não pagaram salários em março

Mais de 500 hotéis e restaurantes não conseguiram pagar salários no mês de março. Cerca de mil vão mesmo ter de avançar para 'lay-off'. A Associação de Hotelaria e Restauração pede medidas urgentes para o setor.

Covid-19: Governo decreta suspensão total de prestações para habitação por seis meses

O Governo aprovou medidas para os bancos ajudarem as famílias com as prestações da casa e outros créditos. Veja em detalhe no que consistem essas medidas.

Líder parlamente do Bloco de Esquerda afirma que o Estado deve salvar a TAP e passar a mandar como proprietário

Pedro Filipe Soares, líder parlamentar do Bloco de Esquerda, afirma que o Estado deve salvar a TAP porque é uma empresa estratégica para o país e se assim o fizer passa a mandar como proprietário.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.