Info

Covid-19: Democracia não pode ficar suspensa - Presidente do PE

| Política
Porto Canal com Lusa

Bruxelas, 26 mai 2020 (Lusa) -- O presidente do Parlamento Europeu (PE), David Sassoli, alertou hoje que a democracia não pode ficar suspensa por causa da pandemia Covid-19, ao discursar na abertura da sessão plenária extraordinária, em Bruxelas.

Fisicamente presente, bem como a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e falando para uma sala praticamente vazia -- a sessão procede remotamente -, Sassoli salientou que o trabalho parlamentar europeu teve de abrandar, mas não foi interrompido.

"Não parámos porque a democracia não pode ser suspensa no meio de uma crise tão dramática", disse o presidente do PE.

"É nosso dever, nestes tempos difíceis, estar ao serviço dos nossos cidadãos", acrescentou Sassoli, nomeadamente "contribuindo para a luta contra esta pandemia".

O PE reúne-se hoje em sessão extraordinária com a agenda dominada pela votação de medidas para enfrentar a pandemia da Covid-19.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou perto de 450 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 20.000.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu, com cerca de 240.000 infetados, é aquele onde está a surgir atualmente o maior número de casos, e a Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, com 7.503 mortos em 74.386 casos registados até hoje.

A Espanha é o segundo país com maior número de mortes, registando 3.434, entre 47.610 casos de infeção.

 

IG // FPA

Lusa/fim

+ notícias: Política

Parlamento aprova inseminação 'post mortem'

A maioria dos partidos uniu-se hoje à luta de uma mulher que pretende engravidar do marido falecido e aprovou a procriação medicamente assistida 'post mortem', iniciativa contestada pelo PSD para quem "as crianças têm direito a ter um pai".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

D'Mais

Alberto Índio e Inês...