Info

Covid-19: TAP não renova contrato a prazo com 100 trabalhadores

Covid-19: TAP não renova contrato a prazo com 100 trabalhadores
| Economia
Porto Canal com Lusa

A TAP decidiu não renovar o contrato a prazo com 100 trabalhadores, que já foram notificados, uma medida do plano de contingência implementado pela companhia no âmbito do surto de Covid-19, confirmou hoje à Lusa fonte da transportadora aérea.

"Confirmamos que não estamos a renovar contratos de trabalho de colaboradores que estão a prazo", disse à Lusa fonte da TAP.

A medida abrange 100 trabalhadores, que já foram todos notificados, e surge no plano de contingência que a TAP implementou para combater os efeitos da pandemia de Covid-19 na companhia aérea, anunciado em 05 de março.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, infetou mais de 220 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 8.900 morreram.

Das pessoas infetadas, mais de 85.500 recuperaram da doença.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se já por 176 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu é aquele onde está a surgir atualmente o maior número de casos, com a Itália, com 2.978 mortes em 35.713 casos, a Espanha, com 767 mortes (17.147 casos) e a França com 264 mortes (9.134 casos).

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou hoje o número de casos confirmados de infeção para 785, mais 143 do que na quarta-feira. O número de mortos no país subiu para três.

Portugal encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de hoje.

+ notícias: Economia

Covid-19: Comunidade chinesa reabre armazéns com “otimismo” na retoma

Os comerciantes chineses radicados em Vila do Conde, distrito do Porto, que compõe uma das maiores comunidades país, estão gradualmente a retomar a sua atividade, mostrando "otimismo" na retoma dos negócios, também afetados pela pandemia de covid-19.

Covid-19: Estúdios de tatuagens e bodypiercing reabrem esta segunda-feira

Os estúdios de tatuagens e bodypiercing vão poder reabrir esta segunda-feira na terceira fase de desconfinamento, depois de dois meses encerrados face à pandemia de Covid-19.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.