ESPECIAL CANDIDATURAS
CLIQUE AQUI PARA VER MAIS
Projeto Parceria
Porto Canal
Info

Sérgio Conceição: "Vamos dar luta até à última gota"

| FC Porto
Porto Canal com fcporto.pt

O Rio Ave veio ao Estádio do Dragão roubar pontos ao FC Porto (1-1), líder do campeonato, mas isso não abalou a confiança de Sérgio Conceição no seu grupo de jogadores. O timoneiro portista salienta o "bom jogo" e a "atitude fantástica" dos atletas azuis e brancos, realçando que ficou por marcar um penálti "do tamanho da Torre dos Clérigos". "Fizemos de tudo para ganhar o jogo", considera o técnico dos Dragões, que deixa uma mensagem forte a todo o Mar Azul: "Vamos dar luta até à última gota. Até à última gota!"

Podem contar com o FC Porto
"Fizemos um golo que foi anulado por três centímetros. Mas aí temos que aceitar porque, a favor ou contra, são as linhas e depende do momento em que eles metem essas mesmas linhas. Nem sei o que dizer numa situação destas. Tivemos mais do que ocasiões para ganhar o jogo, tendo inclusive um penálti, este sim, do tamanho da Torre dos Clérigos e que não foi marcado. Mas podem contar connosco. Acho que fizemos um bom jogo, os meus jogadores tiveram uma atitude fantástica, nesta parte final, é verdade que nos últimos dez minutos, no tempo de descontos, foi mais com o coração do que com a cabeça, mas até lá fomos superiores em tudo. O Rio Ave até essa altura não tinha chegado, chegou na parte final quando nós apostámos tudo para ganhar o jogo. Perante um Rio Ave bem organizado, mais uma vez uma equipa a mudar aquilo que é a sua estrutura habitual. De qualquer das maneiras, nós já contávamos com isso, até pela ausência do Diego Lopes e do Filipe Augusto e, por isso, jogou o Nakajima nas costas do Tiquinho, descaindo o Moussa para a esquerda e o Otávio na direita, exatamente para fugir a esses três centrais que nós previmos que o Rio Ave se ia apresentar. Foi um jogo onde fomos superiores em tudo mas, mais uma vez, e eu tenho essa noção, porque ando aqui há algum tempo no futebol, cada vez que se aproxima o final do campeonato, fica mais difícil ganhar. A minha opinião é que é um penálti de todo o tamanho, eu não compreendo. E não me estou a desculpar com isso, porque podíamos ser mais eficazes noutras situações do jogo. De qualquer das maneiras, fica mais difícil de ganhar os jogos quando caminhamos para o final. Eu recordo, e já agora falando do Rio Ave, dois penáltis em Vila do Conde que não foram assinalados. Por coincidência, com o mesmo árbitro, que eu considero o melhor árbitro português, atenção. Mas tem sido infeliz connosco. E não me quero desculpar com a arbitragem. O jogo foi o que foi, nós fomos superiores, merecíamos ter ganho, podíamos ter sido mais eficazes e não fomos."

Promessa de lutar até à última gota
"Eu tinha a certeza que tinha sido golo, fiz a substituição que estava para fazer, do Aboubakar e de entrar o Matheus Uribe. Entretanto tive a indicação que tinha de espera porque poderia haver algo de irregular no golo e, aí, o Aboubakar já estava dentro do campo. Não houve nada a fazer. Entretanto, entrou o Fábio para dar mais peso ao ataque. Tentámos por fora, por dentro, situações de cruzamento, remates à baliza... Fizemos de tudo para ganhar o jogo, cabeça levantada, grupo fantástico, estamos com um espírito muito forte e vamos dar luta até à última gota. Até à última gota!"

+ notícias: FC Porto

FC Porto repudia carga policial contra adeptos portistas em Coimbra. Pedido de inquérito deu entrada no Ministério da Administração Interna

O FC Porto repudia, em comunicado avançado esta segunda-feira, a violência policial usada em Coimbra sobre adeptos do FC Porto "cujo comportamento não estava a atentar contra a ordem pública, nem sequer a perturbar o convívio de outros cidadãos presentes no local". Dados "os graves acontecimentos dos quais resultaram vários feridos", o FC Porto pediu a abertura de um inquérito ao Ministério da Administração Interna.

Pinto da Costa: "Havia um sentimento de salvação nacional para que o Benfica ganhasse alguma coisa"

Jorge Nuno Pinto da Costa, Presidente do FC Porto, afirma que "havia um sentimento de salvação nacional para que o Benfica ganhasse alguma coisa", mas os azuis em brancos ganharam em todas as circunstâncias. Para o Presidente portista "os grandes derrotados foram alguns jornalistas e alguns órgãos de comunicação social" que "tudo fizeram para o FC Porto perder".

No Fado de Coimbra foi o Porto que deu a lição. FC Porto vence Taça de Portugal ao vencer o Benfica por 2-1

O FC Porto conquistou hoje pela 17.ª vez a Taça de Portugal de futebol, ao vencer o Benfica, por 2-1, conseguindo a 'dobradinha', depois de já se ter sagrado campeão nacional.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

"O humor nem sempre é para rir"...

N'Agenda

João Gil: "O Porto é uma...

N'Agenda

Manuela Azevedo: "Quem está no...