Info

Ténis de mesa: Portugal perde e tem de jogar repescagem de apuramento olímpico feminino

| Desporto
Porto Canal com Lusa

Gondomar, Porto, 23 jan 2020 (Lusa) -- A seleção portuguesa feminina de ténis de mesa perdeu hoje com a Hungria por 3-1, falhando o apuramento para os jogos de Tóquio2020, jogando agora a repescagem no torneio de qualificação em Gondomar, Porto.

No Multiusos de Gondomar, Maria Fazekas e Szandra Pergel venceram o jogo de duplas, por 11-7, 6-11, 11-8 e 11-4, frente a Xue Luo e Jieni Shao, antes de Dora Madarasz vencer Fu Yu, já apurada a título individual, por 5-11, 15-13, 11-7 e 11-5.

Neste segundo encontro, um grande arranque da experiente mesatenista portuguesa, que esteve nos Jogos do Rio2016, 'esbarrou' no segundo 'set', em que esteve a perder por 10-6 e recuperou, mas acabou por perder por 15-13, o que virou a 'balança' a favor de Madarasz, que viria a ser responsável por duas das três vitórias.

No terceiro encontro da eliminatória, Jieni Shao manteve Portugal 'vivo' na eliminatória com com uma vitória por 3-1, pelos parciais de 11-8, 11-6, 11-13 e 11-8, no melhor dos embates portugueses frente à Hungria.

No quarto jogo, recaiu sobre Xue Luo, 420.ª do 'ranking' individual e a jogar pela seleção desde novembro de 2019, há três meses, a responsabilidade de empatar a contenda, de novo frente a Madarasz, 62.ª da hierarquia mundial.

Um primeiro 'set' ganho por 11-8 seguiu-se ao empate húngaro, 11-6, antes de novo 11-8, para a portuguesa, e novo 11-6, para a húngara, definindo uma 'negra' que, para as magiares, sétimas pré-designadas do torneio, daria o apuramento olímpico.

Portugal, 13.º cabeça de série e a jogar para o empate e para permitir a Fu Yu voltar à ação frente a Maria Fazekas, teve em Xue Luo uma representante aguerrida, que evitou vários 'match points', mas acabou por perder por 11-7, o que provocou uma 'invasão' do recinto de jogo por parte de toda a comitiva húngara, abraçados no chão após o triunfo.

Com este resultado, que se segue a um 3-0 aplicado à Eslováquia, sem ceder um único 'set', Portugal falhou um inédito apuramento para Jogos Olímpicos, no concurso por equipas, e vai jogar agora um torneio de repescagem, cujo emparelhamento e calendário estão ainda por anunciar.

O torneio de qualificação olímpica por equipas no ténis de mesa prosseguiu hoje no Multiusos de Gondomar, no distrito do Porto, e decorre até domingo, com a participação das seleções portuguesas masculina e feminina.

Além de qualificar nove equipas, oito da primeira fase, em cada género, e mais uma por repescagem, atribui igualmente uma quota de dois atletas para o concurso individual.

SIF // VR

Lusa/fim

+ notícias: Desporto

1º Edição Porto Gaia Granfondo vai ser apadrinhada por Miguel Indurain

Foi esta quarta-feira manhã apresentado, na Marina do Freixo, o 1º Edição Porto Gaia Granfondo destinado aos amantes do ciclismo. O padrinho da prova é um dos maiores nomes do ciclismo mundial, Miguel Indurain.

Procuradoria Geral da República já andava 'em cima' da claque do Vitória Sport Clube

A Procuradoria Geral da República já tinha sobre vigia a claque do Vitória Sport Clube. No início de janeiro o Porto Canal acompanhou, em exclusivo, o trabalho da equipa de magistrados num jogo frente ao SL Benfica.

Autoridade para a Prevenção e o Combate à Violência no Desporto não tem divulgado todas as decisões condenatórias conforme prevê a lei

A Autoridade para a Prevenção e o Combate à Violência no Desporto não tem divulgado todas as decisões condenatórias conforme prevê a lei. O organismo responsabiliza a Comissão Nacional de proteção de dados, que contactada pelo Porto Canal diz que não existe qualquer troca de informações entre as entidades.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.