Info

Instituições bancárias alvo de buscas da PJ e do Ministério Público

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 16 jan 2020 (Lusa) -- A Polícia Judiciária e o Ministério Público iniciaram hoje 15 buscas a 15 instituições bancárias e sedes de empresas por suspeitas de crimes de burla qualificada, branqueamento e fraude fiscal qualificada, indica uma nota da Procuradoria-Geral da República.

Segundo a nota, "estão a ser levadas a efeito, esta quinta-feira, várias diligências para cumprimento de 15 mandados de busca e apreensão em instituições bancárias, na sede social de uma associação, em domicílios e em sedes de empresas".

O inquérito-crime tem subjacente factos suscetíveis de "enquadrar a prática de crimes de burla qualificada, branqueamento e fraude fiscal qualificada".

+ notícias: Economia

TAP: Companhia propôs dispensa de 458 pilotos

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) informou hoje que a TAP apresentou uma contraproposta que inclui a dispensa de 458 pilotos, redução de remunerações e supressão de cláusulas do acordo de empresa, segundo um comunicado. 

Consumo de eletricidade por causa do frio bate recorde diário com 11 anos

O consumo de eletricidade bateu na quarta-feira o recorde diário de 11 anos e o de gás natural ultrapassou o máximo de 2017, segundo dados da REN - Redes Energéticas Nacionais hoje divulgados.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.