Info

Mais de 70 medicamentos inovadores aprovados em Portugal só no ano passado

Mais de 70 medicamentos inovadores aprovados em Portugal só no ano passado
| País
Porto Canal com Lusa

Mais de 70 novos medicamentos foram aprovados no ano passado em Portugal pela Autoridade do Medicamento, que conseguiu reduzir em mais de 200 milhões de euros as condições propostas pelas farmacêuticas.

Os dados foram revelado, esta quarta-feira, pelo presidente da Autoridade do Medicamento - Infarmed, na cerimónia do 27.º aniversário da instituição.

"Posso dizer-vos que as 74 novas soluções terapêuticas abrangem áreas tão diversas como, entre outras, a oncologia, a infeciologia e o sistema nervoso central. No seu conjunto, sublinho, permitiram reduzir as condições propostas pelas empresas em mais de 200 milhões de euros", afirmou Rui Ivo.

O presidente do Infarmed avisou que é necessário encontrar "soluções para o equilíbrio entre o acesso a medicamentos inovadores e a sua sustentabilidade financeira".

Em balanço, indicou que foram aprovados 74 medicamentos inovadores durante o ano de 2019, sendo um dos anos com maior número de aprovações de inovação terapêutica.

No conjunto, em 2017 e 2018, cerca de 110 fármacos inovadores tinham sido aprovados pelo Infarmed.

O presidente do Infarmed recordou que "são processos exigentes ao longo de todas as fases de avaliação: regulamentar, técnica, clínica, económica e financeira".

Do balanço da atividade do Infarmed, Rui Ivo destacou ainda que no ano passado se realizaram mais de 1.600 inspeções a todo o circuito do medicamento, um "número nunca antes atingido".

Muitas dessas ações de inspeção foram dirigidas à garantia de acesso e de disponibilidade dos medicamentos, um problema que se foi agravando em Portugal e que levou até a mudar a legislação.

+ notícias: País

Caso e-Toupeira parado devido ao recurso apresentado por um dos arguidos

O caso e-Toupeira está parado devido ao recurso apresentado por um dos arguidos. A reação do funcionário judicial Júlio Loureiro está a atrasar o início do julgamento.

Covid-19: Autoridades japonesas confirmam infeção de tripulante português

As autoridade japonesas confirmaram hoje que o português Adriano Maranhão, canalizador no navio Diamond Princess, atracado no porto de Yokohama, deu teste positivo ao coronavírus Covid-19, disse à Lusa fonte oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Morreram 11 235 pessoas por AVC em 2018, mortes por doenças respiratórias aumentam

Os acidentes vasculares cerebrais causaram em 2018 o maior número de óbitos, com 11.235 mortes, mas os dados melhoraram em relação ao ano anterior, ao contrário das mortes por doenças respiratórias, que estão a aumentar, segundo o INE.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.