Info

Vítor Ferreira: "É um sonho tornado realidade"

| FC Porto
Porto Canal com fcporto.pt

Foi uma noite que Vítor Ferreira jamais irá esquecer. Esta terça-feira, frente ao Varzim (2-1), nos quartos de final da Taça de Portugal, o médio de 19 anos cumpriu os primeiros minutos na equipa principal do FC Porto e logo no Estádio do Dragão. Já Iván Marcano, que envergou a braçadeira de capitão e apontou o segundo golo portista, enalteceu o mais importante: a qualificação para as meias-finais da prova.

Marcano
“O objetivo era passar às meias-finais e conseguimos o objetivo. Começámos bem e marcámos primeiro, mas com um livre direto eles fizeram o empate e tivemos um momento em que não conseguimos fazer o nosso jogo, mas há que dar os parabéns ao Varzim também. O meu golo surgiu num lance de bola parada. É algo que trabalhamos todas as semanas e, felizmente, conseguimos concretizar. Não temos qualquer preferência para as meias-finais e agora já estamos a pensar no Braga.”

Vítor Ferreira
“Como se pode imaginar, é um sonho tornado realidade. Quando renovei contrato com o FC Porto, tinha dito que era o início de um sonho e é essa a verdade. Estou muito grato por estar aqui. Parece cliché, mas trabalhei muito para poder viver este momento e não vou parar de trabalhar para continuar a merecer estas oportunidades. Como disse ao plantel quando cheguei, sou mais um para ajudar. Todos temos as nossas qualidades e juntos somos mais fortes. Sabíamos que o Varzim vinha ao Estádio do Dragão para nos dificultar a vida e a verdade é que fez um bom jogo. Nós tivemos de responder e foi isso que fizemos durante os 90 minutos. Fizemos dois golos e fomos a melhor equipa em campo. Estamos nas meias-finais e só pensamos no próximo jogo, que é frente ao Braga.”

+ notícias: FC Porto

Alex Telles: “não era o resultado que queríamos"

“Não era o resultado que queríamos. Começámos bem o jogo, mas eles marcaram na primeira oportunidade e as coisas tornaram-se mais difíceis. Nunca desistimos, mas este jogo decidiu-se nos detalhes. Estamos tristes e fica o sabor amargo de sermos eliminados. Corremos riscos quando tínhamos de arriscar. Não podíamos ficar à espera para ver o que acontecia. Fomos ousados, mas não fomos eficazes. Agora é focar no campeonato e pensar no jogo com o Santa Clara, nos Açores. Caímos demasiado cedo, mas hoje em dia não há jogos fáceis. Estes jogos são de altíssimo nível. Infelizmente não conseguimos continuar na Liga Europa, mas no fim de semana temos mais uma oportunidade de voltar a ganhar.”

Pepe: "Infelizmente não conseguimos fazer mais golos, mas fica a entrega da equipa, que foi muito grande"

“A eliminatória tornou-se muito difícil quando sofremos o primeiro golo. A equipa tentou reagir, procurando a baliza adversária. Infelizmente não conseguimos fazer mais golos, mas fica a entrega da equipa, que foi muito grande. O FC Porto nunca joga fechado atrás e procura sempre a baliza contrária. Com as alterações, procurámos ainda mais o ataque e tentámos desequilibrar o adversário. A equipa lutou muito, mas eles foram muito eficazes. Hoje fomos eliminados, mas faz parte do futebol e agora temos de pensar no campeonato. Agora temos uma difícil deslocação aos Açores, mas vamos para ganhar.”

FC Porto perde frente ao Bayer Leverkusen por 3-1 e é eliminado da Liga Europa

O FC Porto perdeu, esta quinta-feira, frente ao Bayer Leverkusen por 3-1 na 2ª mão dos 16 avos de final da Liga Europa sendo assim eliminado da competição.

Atualizado 28-02-2020 15:44

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.