Info

Trump quer desviar mais 7,2 mil milhões do Pentágono para muro com o México

Trump quer desviar mais 7,2 mil milhões do Pentágono para muro com o México
| Mundo
Porto Canal com Lusa

O Presidente norte-americano, Donald Trump, planeia desviar mais 7,2 mil milhões de dólares do orçamento do Pentágono para a construção do muro com o México, noticiou na segunda-feira o jornal Washington Post.

Estes fundos permitiriam ao Executivo completar cerca de 1.400 quilómetros de muro ao longo da fronteira que separa os Estados Unidos e o México, indicou o jornal, que teve acesso a documentos internos do Departamento de Defesa.

Trump já usou fundos do Pentágono destinados a infraestruturas e ao combate ao tráfico de drogas para construir o muro, uma das promessas que o levou ao poder em 2016 e na qual tem insistido para as eleições presidenciais deste ano.

Em dezembro, o Congresso dos EUA aprovou um pacote orçamental de 1,4 biliões de dólares (1,26 biliões de euros), com verbas de 1,375 mil milhões de dólares (1,233 mil milhões de euros) para a construção do muro com o México.

Essa verba para o muro é a mesma que o Congresso aprovou em 2018 e que levou Trump a não assinar, impondo ao país uma longa paralisação administrativa, tendo depois declarado uma emergência nacional para desviar fundos de outras áreas.

Com a emergência nacional, o governo reatribuiu ao muro cerca de 6,6 mil milhões (5,8 mil milhões de euros) do Pentágono e do Departamento do Tesouro, para a construção de 376 quilómetros de vedação.

Nos Estados Unidos é o Congresso que decide o orçamento e, atualmente, esse ramo do Estado está dividido: os republicanos dominam o Senado, enquanto a oposição democrata tem maioria na Câmara dos Representantes.

Os democratas opõem-se à construção do muro e têm exercido muita pressão sobre o Legislativo para impedir a promessa de Trump.

+ notícias: Mundo

Automóvel atropela desfile de Carnaval na Alemanha, vários feridos

Um automóvel avançou hoje sobre um desfile de Carnaval em Volkmarsen, no centro da Alemanha, fazendo vários feridos, segundo a polícia.

Covid-19: Anunciada segunda morte em Itália. 50.000 pessoas estão em quarentena

Uma segunda pessoa, com coronavírus Covid-19, morreu hoje em Itália, onde foram identificados mais de 30 casos de contaminação até agora, dos quais 25 casos na Lombardia (região de Milão), anunciaram agências de notícias italianas.

Covid-19: Brasil confirma primeiro caso positivo em homem proveniente de Itália

Brasília, 26 fev 2020 (Lusa) -- O Brasil confirmou hoje de madruagada o primeiro caso positivo de contágio pelo coronavírus Covid-19, um homem de 61 anos, residente em São Paulo, que terá regressado recentemente do norte de Itália, segundo o Ministério brasileiro da Saúde.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.