Info

Exportações aumentam 8,6% e importações crescem 1,3% em novembro

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 09 jan 2020 (Lusa) - As exportações de bens aumentaram 8,6% e as importações subiram 1,3% em novembro face ao mesmo mês de 2018, desacelerando face a outubro (6,9%), divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Segundo as Estatísticas do Comércio Internacional hoje divulgadas, destacam-se os acréscimos nas exportações e importações de material de transporte (38,6% e 28,4%, respetivamente), sobretudo nas exportações de automóveis para transporte de passageiros e nas importações de outro material de transporte (sobretudo aviões).

O INE realça ainda os decréscimos nas exportações e importações de fornecimentos industriais (-7,4% e -7,8%, respetivamente), principalmente de produtos transformados.

"Especialmente no caso das exportações, a taxa de variação homóloga reflete em parte o decréscimo significativo das exportações observado em novembro de 2018, em resultado da greve dos estivadores no porto de Setúbal e que afetou particularmente as exportações de automóveis para transporte de passageiros", refere o instituto.

Excluindo os combustíveis e lubrificantes, as exportações aumentaram 6,1% e as importações cresceram 2,4% (7,4% e 6,4%, respetivamente, em outubro de 2019).

ICO // MSF

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Boticas e Montalegre excluídas do concurso de pesquisa de lítio por já terem licenças

O Governo não vai avançar com concurso público para a pesquisa de lítio em Boticas e Montalegre, duas das nove áreas identificadas como tendo grande potencial, por já existirem licenças de prospeção atribuídas, adiantou hoje o ministro do Ambiente.

Exportações de componentes automóveis batem "recorde absoluto" em 2019

As exportações da indústria portuguesa de componentes para automóveis bateram um "novo recorde absoluto" em 2019, ao aumentarem 4,2% para 9.749 milhões de euros, divulgou, esta segunda-feira, a associação setorial.

PIB supera estimativa do Governo e cresce 2,0% em 2019

A economia portuguesa cresceu 2,0% em 2019, uma décima acima do estimado pelo Governo, de acordo com a divulgação dos números do Produto Interno Bruto (PIB) hoje feita pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.