Info

Mau tempo: Seguradoras estimam danos de 18,2 ME

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 03 jan 2020 (Lusa) -- A Associação Portuguesa de Seguradores (APS) estimou hoje em 18,2 milhões de euros os custos resultantes da participação de 10 mil sinistros devido ao mau tempo no final de dezembro.

Segundo o inquérito feito pela APS junto das suas associadas, os dados provisórios até 31 de dezembro apontam a participação de quase 10 mil sinistros cobertos por seguros num "valor agregado de danos (pagos e provisionados) superior a 18 milhões de euros".

Cerca de 90% dos custos respeitam a seguros de habitações e seguros de atividades comerciais e industriais, acrescentou.

Estes dados são ainda provisórios e a APS irá atualizar a informação para obter dados finais.

O mau tempo provocado pela tempestade Elsa, entre 18 e 20 de dezembro, a que se juntou no dia 21 a depressão Fabien, fez três mortos e deixou mais de 100 pessoas desalojadas.

Provocou ainda danos em habitações, linhas de comboio, vias rodoviárias e na rede elétrica

IM // CSJ

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Covid-19: Governo prolonga prazo das moratórias de crédito até setembro de 2021

O Conselho de Ministros decidiu hoje prolongar por mais seis meses, até 30 de setembro de 2021, o prazo das moratórias de crédito às famílias e empresas que terminava em 31 de março.

Número de desempregados inscritos sobe 34,5% em agosto

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego aumentou 34,5% em agosto em termos homólogos e 0,5% face a julho, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.