Info

Adel Mechaal vence 12.ª edição da São Silvestre de Lisboa

| Desporto
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 28 dez 2019 (Lusa) -- O espanhol de origem marroquina Adel Mechaal venceu hoje a 12.ª edição da São Silvestre de Lisboa, ao correr os 10 quilómetros em 29.09 minutos, enquanto Jéssica Augusto, vencedora da elite feminina, terminou em 33.10.

Na tradicional 'guerra dos sexos', que se encontrava empatada, com cinco vitórias para cada lado, a elite masculina desempatou o confronto a seu favor, através do 'photo-finish', depois de Adel Mechaal, nos metros finais, alcançar Jéssica Augusto e terminarem de mãos dadas.

"Estou muito contente por ganhar em Lisboa, na primeira vez que aqui compito. No primeiro quilómetro, fui eu que elevei o ritmo. Joguei as minhas cartas, esperei atrás deles até aos últimos metros e, nos últimos 30, tentei ganhar e consegui", explicou o vencedor.

Em masculinos, o atleta do Benfica Samuel Barata, vencedor da prova em 2017, terminou em 29.11 minutos e o brasileiro Paulo Paula em 29.19, consumando o pódio atrás de Adel Mechaal (29.09), com estreia vitoriosa na competição.

A elite feminina, que partiu quatro minutos antes dos homens, face à diferença registada entre o primeiro homem e a primeira mulher a concluírem a prova em 2018, consagrou a atleta do Sporting Jéssica Augusto pela quinta vez (33.10 minutos).

Depois das conquistas em 2008, 2010, 2016 e 2017, aproximou-se das seis vitórias (2009, 2011, 2013, 2014, 2015 e 2018) da segunda classificada Dulce Félix, que concluiu em 33.52.

"Assumi desde muito cedo as despesas da corrida. Houve ali um momento em que me estava a custar um bocado, quando estava sozinha. Se a Dulce [Félix] tivesse vindo mais tempo comigo, teria sido melhor e mais fácil para nós", confessou.

A 'fechar' o pódio feminino, Susana Godinho, do Grupo Desportivo do Estreito, terminou a São Silvestre em 34.31 minutos.

- Classificações:

- Masculinos:

1. Adel Mechaal (New Balance Espanha), 29.09 minutos.

2. Samuel Barata (Benfica), 29.11.

3. Paulo Paula (Run Tejo), 29.19.

- Femininos:

1. Jéssica Augusto (Sporting), 33.10 minutos.

2. Dulce Félix (Benfica), 33.52.

3. Susana Godinho (Estreito), 34.31.

DYRP // PFO

Lusa/Fim

+ notícias: Desporto

Autoridade para a Prevenção e o Combate à Violência no Desporto não tem divulgado todas as decisões condenatórias conforme prevê a lei

A Autoridade para a Prevenção e o Combate à Violência no Desporto não tem divulgado todas as decisões condenatórias conforme prevê a lei. O organismo responsabiliza a Comissão Nacional de proteção de dados, que contactada pelo Porto Canal diz que não existe qualquer troca de informações entre as entidades.

Conselho de Disciplina abre processo disciplinar ao Vitória de Guimarães

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou hoje a abertura de um processo disciplinar ao Vitória de Guimarães, devido a insultos racistas ao futebolista maliano do FC Porto Moussa Marega.

Insultos racistas: lei pode punir clubes até três jogos à porta fechada e multas até 10 mil euros

No seguimento do caso Marega, que foi vítima de insultos racistas durante o jogo Vitória SC vs FC Porto, em Guimarães, a lei portuguesa prevê condenações que podem chegar até três jogos à porta fechada e multas até 10 mil euros.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.