ESPECIAL CANDIDATURAS
CLIQUE AQUI PARA VER MAIS
Projeto Parceria
Porto Canal
Info

Morte por negligência em hospital do Porto com indemnização acordada após 25 anos

Morte por negligência em hospital do Porto com indemnização acordada após 25 anos
| Norte
Porto Canal com lusa.pt

O Estado português aceitou pagar 32.500 euros à família de um homem que morreu há 25 anos durante uma cirurgia para retirar uma pinça esquecida no seu abdómen durante uma operação no Hospital de São João, no Porto.

A “declaração de solução amigável” foi levada pelas partes ao Tribunal Europeu dos Direitos do Homem (TEDH) e por este homologada em decisão de 05 de dezembro.

“O pagamento constituirá a resolução final do caso”, determinou o TEDH no seu acórdão, consultado hoje pela agência Lusa.

O Jornal de Notícias, que avançou a informação, recorda que o homem morreu aos 69 anos, em 1994, oito horas após uma intervenção cirúrgica para remover a pinça, na sequência de uma hemorragia.

A pinça, detetada na sequência de queixas do paciente de persistente mal-estar, esteve seis anos no seu corpo, desde a altura em que foi submetido a intervenção cirúrgica para extrair o rim esquerdo.

A família avançou para uma batalha judicial, marcada por decisões contraditórias de diversos tribunais portugueses e acabou com o recurso ao TEDH e, agora, num entendimento com o Estado.

+ notícias: Norte

Recivalongo garante inexistência de incumprimentos no aterro de Sobrado, Valongo

A Recivalongo garantiu hoje que tomou "todas as medidas" para resolver as exigências da Inspeção-Geral da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território (IGAMAOT), negando "a existência de incumprimentos" no aterro de Sobrado, concelho de Valongo.

Juiz nomeado por Costa arquiva inquérito a acidente de helicóptero do INEM em Valongo

O juiz designado pelo primeiro-ministro concluiu pelo arquivamento do inquérito às entidades envolvidas no socorro ao helicóptero do INEM, que se despenhou em dezembro de 2018, em Valongo, distrito do Porto, causando a morte aos quatro ocupantes.

Lar do Porto com 34 utentes e dez profissionais infetados por Covid-19

Quarenta e quatro pessoas de um lar do Porto, das quais 34 utentes e dez profissionais, estão infetadas com covid-19, registando-se quatro internamentos, disse hoje à Lusa fonte da Administração Regional de Saúde do Norte (ARSN), como avancou o Porto Canal esta segunda-feira.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

"O humor nem sempre é para rir"...

N'Agenda

João Gil: "O Porto é uma...

N'Agenda

Manuela Azevedo: "Quem está no...