Info

Bola de Ouro: Lionel Messi soma sexto troféu e deixa Ronaldo para trás

| Desporto
Porto Canal com Lusa

Paris, 02 dez 2019 (Lusa) -- O argentino Lionel Messi conquistou hoje pela sexta vez a Bola de Ouro, prémio do France Football para o melhor jogador do ano, isolando-se na liderança do 'ranking', com mais um troféu do que o português Cristiano Ronaldo.

Depois dos triunfos em 2009, 2010, 2011, 2012 e 2015, o jogador do FC Barcelona voltou a vencer, repetindo a eleição da FIFA - que de 2010 a 2015 entregou o prémio em parceria com a revista gaulesa - como o melhor da época 2018/19.

Em 2019, o '10' argentino contabiliza 46 golos marcados e 17 assistências, em 54 jogos, sendo que, coletivamente, conquistou a Liga espanhola 2018/19 e foi terceiro na Copa América.

Quanto aos outros troféus masculinos, o guarda-redes brasileiro Alisson, do Liverpool, arrebatou o prémio para melhor guarda-redes (Troféu Yashin) e o central holandês Matthijs De Ligt, que trocou o Ajax pela Juventus, o de melhor jogador de menos de 21 anos (Troféu Kopa).

Por seu lado, a norte-americana Megan Rapinoe conquistou a Bola de Ouro feminina, repetindo a eleição da FIFA, e sucedeu à norueguesa Ada Hegerberg.

PFO // PFO

Lusa/Fim

+ notícias: Desporto

128 atletas vão ser desclassificados da Maratona do Porto 2019

A Runporto desclassificou 128 atletas que em novembro cruzaram a meta na 16.ª edição da Maratona do Porto sem terem percorrido a totalidade do trajeto. Os infratores podem vir mesmo a enfrentar processos-crime.

Rússia excluída de Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos

A Rússia foi hoje excluída dos Jogos Olímpicos durante quatro anos, devido a questões de doping levadas a cabo com o apoio estatal tornadas públicas há cerca de seis anos, anunciou a Agência Mundial Antidopagem (AMA).

Presidente da República distingue seleção de futebol de praia campeã mundial

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recebeu e distinguiu hoje a seleção portuguesa de futebol de praia, que se sagrou campeã mundial no domingo, ao vencer a congénere italiana na final da competição, disputada no Paraguai.

Atualizado 04-12-2019 11:41

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.