Info

Descarga poluente em praia de Matosinhos veio da refinaria e deveu-se a uma "anomalia"

| Norte
Porto Canal com Lusa

Porto, 08 nov (Lusa) -- A descarga de produtos poluentes na Praia do Aterro, em Matosinhos, a 26 de outubro, teve origem na refinaria da Galp e deveu-se a uma "anomalia" confirmou a empresa à câmara local, depois de esta ter pedido explicações.

"A Galp confirmou que, devido às condições meteorológicas adversas verificadas nesse dia [26 de outubro], o sistema de águas residuais misturou-se com o sistema de águas pluviais", adiantou a autarquia, depois de questionada pela Lusa.

A 28 de outubro, a presidente da câmara, Luísa Salgueiro (PS), revelou, durante a reunião do executivo municipal, ter pedido esclarecimentos à Galp pela "descarga de produtos poluentes de hidrocarbonetos", repudiando a situação e exigindo o apuramento dos responsáveis.

"Não é aceitável que uma situação destas volte a acontecer", considerou, na altura.

Segundo a câmara, a Galp garantiu que a "anomalia foi detetada e resolvida", recordando que o assunto foi reportado à Polícia Marítima.

Na altura, a Lusa pediu esclarecimentos à Galp e à Agência Portuguesa do Ambiente (APA), mas nunca obteve resposta.

SVF // MSP

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Conselho de Ministros autoriza verba para retirada dos resíduos de S. Pedro da Cova

A despesa para a remoção das toneladas de resíduos industriais perigosos depositadas em São Pedro da Cova, concelho de Gondomar, foi hoje autorizada pelo Conselho de Ministros.

Trabalhador soterrado após queda em obra no Porto

Um trabalhador ficou hoje soterrado numa obra na Avenida da Boavista, no Porto, estando "consciente e a ser assistido no local", disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Porto.

Encapuzados roubam malas com dinheiro em assalto à mão armada

Dois encapuzados armados assaltaram na quarta-feira duas pessoas na Rua Professor Camilo Oliveira, em Gondomar, levando duas malas com dinheiro antes de se porem em fuga com um terceiro cúmplice, informou hoje a PSP do Porto.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.