ESPECIAL CANDIDATURAS
CLIQUE AQUI PARA VER MAIS
Projeto Parceria
Porto Canal
Info

Conselho nacional do CDS marca congresso, mas candidatos "em reflexão" não avançaram

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 18 out 2019 (Lusa) -- O conselho nacional do CDS-PP para marcar o congresso da sucessão de Assunção Cristas demorou seis horas e meia e terminou hoje de madrugada, sem que nenhum dos dirigentes "em reflexão" tenha anunciado uma candidatura à liderança.

Nem João Almeida, deputado e porta-voz do partido, nem Filipe Lobo d'Ávila, do grupo "Juntos pelo Futuro", nem o líder da JP, Francisco Rodrigues dos Santos, que está "disponível para aquilo que os militantes" entenderem que pode "ser mais útil", disseram claramente estar na corrida à sucessão de Cristas, que se afastou depois dos maus resultados do CDS das legislativas, em 06 de outubro, disseram à Lusa vários conselheiros nacionais.

Foram mais de seis horas de reunião em que, na primeira parte, os três dirigentes e Abel Matos Santos, único candidato assumido, da Tendência Esperança em Movimento (TEM), fizeram intervenções em que falaram dos resultados do partido, que passou de 18 para cinco deputados, com 4,2% dos votos, e pediram reflexão sobre o futuro.

No final de um concorrido conselho nacional, mas já com a sala da sede do CDS-PP com pouco mais de 20 conselheiros, a ainda líder, Assunção Cristas, prometeu uma "presença discreta", para fazer a representação institucional do partido, e disse sair da reunião tranquila com a participação que teve e com o debate de ideias a que assistiu.

E despediu-se, já passava das 04:00, com a frase: "Vamo-nos vendo e, se não for antes, vemo-nos no congresso."

Na reunião foi aprovada a realização do 28.º congresso nacional do CDS para 25 e 26 de janeiro de 2020, em local ainda a definir.

NS // EJ

Lusa/fim

+ notícias: Política

Conselho de Obras Públicas dá prioridade à ligação ferroviária Lisboa-Porto que deve avançar com brevidade

O Conselho Superior de Obras Públicas deu prioridade à ligação ferroviária Lisboa-Porto. É recomendada assim  a construção da linha com maior brevidade possível. O parecer alerta o Governo para a necessidade de se fazer um Plano Ferroviário Nacional.

Parlamento aprova projeto lei do PSD que altera financiamento eleitoral dos partidos

O Parlamento aprovou na generalidade um diploma do PSD que altera o financiamento eleitoral dos partidos. PAN e Iniciativa Liberal foram os únicos a votar contra.

Ministro do Ambiente prometo plano para o aterro de Valongo que "cause muito menos incómodo"

O Ministro do Ambiente diz que a última investigação ao aterro de Valongo levantou "preocupações". O município já pediu a proibição imediata do depósito de amianto nos terrenos. Matos Fernandes promete respostas nos próximos dias.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.