Info

Brexit: Unionistas da Irlanda do Norte mantêm oposição ao acordo

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Londres, 17 out 3019 (Lusa) -- O Partido Democrático Unionista da Irlanda do Norte (DUP), aliado dos conservadores no parlamento britânico, reafirmou hoje a sua oposição ao novo acordo negociado entre Londres e Bruxelas.

Fonte interna do DUP citada pela agência France-Presse disse, após o anúncio de um acordo pelo primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, e pelo presidente da comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, que o comunicado emitido hoje de manhã "continua a refletir a posição" do partido.

O governo de Boris Johnson, que não tem maioria parlamentar, necessita do apoio do DUP para que o acordo seja aprovado no parlamento britânico.

O citado comunicado, assinado pela líder do DUP, Arlene Foster, e pelo seu "número dois", Nigel Dodds, afirma que, "tal como estão as coisas", o partido não pode aceitar o pacto que Londres está a negociar com a União Europeia.

"Participámos nas conversações com o governo. Tal como estão as coisas não podemos aceitar o que está a ser sugerido sobre questões aduaneiras e outros assuntos relacionados, até porque a questão da aplicação do IVA não é clara", refere a nota do Partido Unionista.

Fonte de Downing Street citada pela imprensa britânica afirmou entretanto que o acordo alcançado "é um bom acordo para a Irlanda do Norte".

Após intensas negociações, a UE e o Reino Unido anunciaram hoje ter alcançado um acordo para a saída do país do bloco comunitário.

MDR (PSP) // FPA

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Ponte colapsa em Toulose causando a queda de camião e carro no rio

Paris, 18 nov 2019 (Lusa) - Uma ponte suspensa sobre o rio Tarn, no sul de França, colapsou hoje provocando a queda de um camião e de uma viatura ligeira, desconhecendo-se para já se há vítimas, indicaram os serviços de emergência franceses.

Hong Kong: Portugal acompanha com "cuidado e atenção" situação em Macau - MNE

Bruxelas, 20 nov 2019 (Lusa) -- O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, disse hoje que Portugal está a acompanhar com "cuidado e atenção" a evolução da situação em Macau, no seguimento da onda de protestos violentos em Hong Kong.

Bolívia: Número de mortos em confrontos entre manifestantes e polícia sobe para seis

La Paz, 20 nov 2019 (Lusa) -- O número de mortos resultante de confrontos na Bolívia entre manifestantes e forças de segurança que queriam reabrir uma refinaria bloqueada por apoiantes do ex-Presidente Evo Morais subiu para seis, anunciou hoje o Ministério Público daquele país.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.