Info

Escritor inglês Jonathan Coe em Cascais para residência literária internacional

| País
Porto Canal com Lusa

Cascais, Lisboa, 16 out 2019 (Lusa) -- O escritor inglês Jonathan Coe, que lança este mês em Portugal o romance "O coração de Inglaterra", sobre o 'Brexit', participa, a partir desta semana, numa residência literária em Cascais, anunciou hoje a Fundação Dom Luís I.

Esta é a terceira residência literária internacional portuguesa, com caráter regular, de cinco confirmadas até 2020, a decorrer em Cascais.

"Acaba de chegar a Cascais o escritor cujo mais recente romance, 'O Coração de Inglaterra', sobre o 'Brexit', é já um sucesso internacional e será lançado este mês em Portugal" pela Porto Editora, revelou a Fundação D. Luís I.

O romancista inglês ficará em Cascais até ao início de dezembro, no âmbito do programa de Residências Internacionais de Escrita Fundação Dom Luís I, coordenado por Filipa Melo.

A estada destina-se à escrita do seu próximo romance, mas inclui uma aula aberta, em novembro, e a presença na edição deste ano do festival literário Tinto no Branco, a decorrer em Viseu, com organização da Booktailors, no início de dezembro.

Depois do francês Olivier Rolin e do nova-iorquino Michael Cunningham, é a vez de Jonathan Coe, de 58 anos, autor de "A Vida Privada de Maxwell Sim", residir e trabalhar em Cascais, numa altura em que acaba de lançar o seu mais recente romance.

Igualmente programadas estão já as residências do romancista espanhol Javier Cercas e do cabo-verdiano Germano Almeida, vencedor do Prémio Camões 2018.

Javier Cercas, de 56 anos, autor de "Soldados de Salamina" e "O Impostor", que venceu o prémio literário Casino da Póvoa em 2016, e que esteve em Portugal no ano passado, no encerramento do Festival Literário da Madeira, estará em Cascais, de abril a junho de 2020.

Germano Almeida, de 73 anos, Prémio Camões 2018, autor de livros como "O Fiel Defunto" ou "Os Dois Irmãos", adaptado ao cinema pelo realizador Francisco Manso, estará em Cascais entre outubro e dezembro de 2020.

As residências literárias são organizadas pela Fundação Dom Luís I, no âmbito de uma ação cultural da Câmara Municipal de Cascais e efetuadas exclusivamente por convite.

AL // MAG

Lusa/Fim

+ notícias: País

PSP e GNR denunciam falta de equipamentos das forças de segurança

Os líderes sindicais da PSP e da GNR garantem que muitos polícias e militares prestam serviço com coletes à prova de bala ou gás pimenta fora de prazo. Existe até um movimento chamado Tetris Challenge a alertar de forma irónica para esta situação e para a falta de equipamento das forças de segurança portuguesas.

74% dos portugueses admitem utilizar o telemóvel quanto conduzem

Os portugueses estão entre os condutores que mais utilizam o telemóvel enquanto conduzem incluindo o recurso ao sistema mãos livres, com as devidas consequências e riscos que daí podem advir. Um estudo que abrangeu 5 mil condutores europeus indica que 74% dos portugueses que conduzem admitem o uso do telemóvel. Mas o cenário é ainda mais preocupante.

Estradas encerradas na serra da Estrela devido à queda de neve

Algumas das estradas de acesso à serra da Estrela estão hoje encerradas devido à queda de neve, formação de gelo e vento forte, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Castelo Branco.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.