Info

Nobel da Economia atribuído a francesa, indiano e norte-americano por estudo da pobreza

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Estocolmo, 14 out 2019 (Lusa) - O prémio Nobel da Economia de 2019 foi hoje atribuído à francesa Esther Duflo, ao indiano Abhijit Banerjee e ao norte-americano Michael Kremer, anunciou a Real Academia das Ciências sueca.

Os três economistas foram premiados pela "abordagem experimental para aliviar a pobreza global", segundo a Real Academia de Ciências da Suécia.

O Prémio de Ciências Económicas (Prémio Sveriges Riksbank de Ciências Económicas em Memória de Alfred Nobel) foi hoje anunciado pouco antes das 11:00, hora de Lisboa.

MC // MSF

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Covid-19: China aprova vacina para uso exclusivo dos militares

A China aprovou esta segunda-feira uma vacina contra o novo coronavírus, para uso interno no Exército de Libertação Popular, as forças armadas do país, após resultados positivos nos ensaios clínicos.

Venezuela: 40 mil presos recebem treino para defender país de invasão norte-americana

Caracas, 5 jul 2020 (Lusa) -- As autoridades estão a treinar pelo menos quarenta mil presos para defender a Venezuela de uma eventual invasão norte-americana, diz hoje a imprensa local citando a ministra venezuelana dos Assuntos Penitenciários, Iris Varela.

Cientistas investigam misteriosa neve rosa num glaciar dos Alpes italianos

Passo Gavia, Itália, 05 jul 2020 (Lusa) -- Cientistas estão a tentar averiguar a origem da misteriosa cor rosa de um glaciar nos Alpes italianos que deverá ser provocada por algas que aceleram os efeitos das mudanças climáticas, anunciaram hoje os investigadores.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.