ESPECIAL CANDIDATURAS
CLIQUE AQUI PARA VER MAIS
Projeto Parceria
Porto Canal
Info

Euro2020: Rúben Semedo de fora do jogo com a Ucrânia

| Desporto
Porto Canal com Lusa

Kiev, 14 out 2019 (Lusa) - O defesa Rúben Semedo foi o jogador excluído por Portugal da lista final de 23 entregue à UEFA e vai falhar hoje o embate com a Ucrânia, em Kiev, do Grupo B de apuramento para o Euro2020 de futebol.

O central, que foi convocado pela primeira vez por Fernando Santos, esteve no banco de suplentes na sexta-feira, frente ao Luxemburgo (3-0), mas foi agora excluído das opções do selecionador nacional, que apenas pode inscrever 23 jogadores na lista de jogo.

O lateral Mário Rui, que falhou o duelo com os luxemburgueses por lesão, regressa às opções de Fernando Santos, assim como André Gomes, que foi chamado já no decorrer do estágio da seleção nacional, para render William Carvalho, dispensado devido a problemas físicos.

A Ucrânia lidera o Grupo B, com 16 pontos, à frente de Portugal, que segue no segundo lugar, com 11, mas com menos um jogo do que a formação de leste. A Sérvia é terceira, com sete, seguida do Luxemburgo, com quatro, e da Lituânia, com um.

O segundo Ucrânia-Portugal da história está agendado para as 19:45 (21:45 hora local), no Estádio Olímpico de Kiev, e terá arbitragem do inglês Anthony Taylor.

LG // RPC

Lusa/fim

+ notícias: Desporto

FC Porto a um ponto de ser campeão leva Eduardo Cabrita e Rui Moreira a pedirem cautela nos eventuais festejos

O FC Porto está a um ponto do título e a festa pode fazer-se já na próxima terça-feira. O autarca do Porto e o Ministro da Administração Interna pedem cautela aos adeptos nos eventuais festejos.

Portugal derrotou a França e tornou-se campeão europeu há quatro anos

Há quatro anos Portugal conseguiu o primeiro grande título europeu de futebol por seleções. Ainda na primeira parte Cristiano Ronaldo saiu em lágrimas da final de Paris que teve em Éder um herói improvável.

Fernando Gomes reeleito para terceiro e último mandato na FPF

Fernando Gomes foi reeleito hoje presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), até 2024, na Assembleia-Geral eleitoral do organismo, à qual concorreu sem oposição para um terceiro e último mandato.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.