Info

Hong Kong: Turismo da China diz que 90% dos trabalhadores do setor perderam empregos ou rendimento

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Macau, China, 14 out 2019 (Lusa) -- A presidente da Câmara de Turismo da China disse hoje que "90% dos trabalhadores do turismo perderam empregos ou rendimentos" em Hong Kong nos mais de quatro meses de protestos marcados pela violência entre polícia e manifestantes.

Wang Ping afirmou que "90% dos trabalhadores do turismo [em Hong Kong] perderam os empregos ou rendimento" e que "muitas empresas têm fechado portas" por causa da violência que se regista desde 09 de junho, quando os protestos pró-democracia começaram na ex-colónia britânica.

"Como é que eles vão sustentar as suas famílias?", questionou a responsável num discurso feito durante o Fórum de Economia de Turismo Global (GTEF, na sigla em inglês), em Macau, defendendo que "é preciso paz para garantir o desenvolvimento económico", em especial no setor do turismo.

Ping sustentou também que a guerra comercial entre a China e os estados Unidos tem tido um impacto no turismo mundial. Por outro lado, assinalou, "o mundo não está pronto" para os 400 milhões de chineses que constituem a classe média daquele país", reiterando a importância do setor do turismo, que "pode resolver os problemas de emprego e erradicar a pobreza no mundo".

A saúde e o bem-estar são o pano de fundo desta edição, que irá reunir no território vários ministros do desporto, da cultura e do turismo, líderes empresariais globais e especialistas do setor.

O GTEF conta com mais de dez mil participantes de 89 países e regiões.

JMC // MIM

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Covid-19: China aprova vacina para uso exclusivo dos militares

A China aprovou esta segunda-feira uma vacina contra o novo coronavírus, para uso interno no Exército de Libertação Popular, as forças armadas do país, após resultados positivos nos ensaios clínicos.

Covid-19: França regista mais 18 mortes nas últimas 24 horas

Paris, 03 jul 2020 (Lusa) -- A França registou nas últimas 24 horas 18 mortes associadas ao novo coronavírus, elevando o total de óbitos para 29.893, indicaram hoje as autoridades sanitárias francesas.

PR guineense volta a nomear para o Governo os cinco ministros exonerados no domingo

Bissau, 03 jul 2020 (Lusa) - O Presidente guineense, Umaro Sissoco Embaló, voltou hoje a nomear para o Governo os cinco ministros exonerados no domingo, a pedido do primeiro-ministro, Nuno Nabian, anunciou a Presidência do país, através de um decreto.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.