Info

Tufão Hagibis já provocou pelo menos 33 mortos no Japão - novo balanço

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Tóquio, 13 out 2019 (Lusa) -- Pelo menos 33 pessoas morreram e 170 ficaram ferias no Japão, após passagem do tufão Hagibis, de acordo com o último balanço das autoridades nipónicas.

Segundo as autoridades de resgate, 17 pessoas continuam desaparecidas.

O Governo japonês mobilizou 27 mil membros das Forças de Autodefesa (exército) para os trabalhos de socorro.

O Hagibis tocou terra no sábado pouco antes das 19:00 (13:00 em Lisboa) e, cerca de duas horas depois, chegou à capital japonesa com rajadas de vento até 200 quilómetros por hora, de acordo com a Agência Meteorológica do Japão (JMA, na sigla em inglês).

O corpo de bombeiros de Tóquio disse que, durante as operações de resgate, uma mulher de 70 anos caiu, acidentalmente, de uma altura de cerca de 40 metros, na cidade de Iwaki.

A emissora pública NHK avançou, por seu turno, que o tufão fez transbordar 14 rios.

Na cidade de Sano, em Tochigi, a enchente no rio Akiyama afetou uma área residencial, à qual já acorreram equipas de resgate, incluindo soldados.

Em Kawagoe, o rio Ope deixou cerca de 260 pessoas presas num lar de idosos.

Por sua vez, em Tóquio, o rio Tama também excedeu o seu limite, inundando os pisos térreos de vários edifícios, incluindo um hospital.

Mais de sete milhões de pessoas foram aconselhadas a deixar as suas casas, tendo dezenas de milhares sido acolhidas em centros de abrigo.

PE (FST) // VC

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Ponte colapsa em Toulose causando a queda de camião e carro no rio

Paris, 18 nov 2019 (Lusa) - Uma ponte suspensa sobre o rio Tarn, no sul de França, colapsou hoje provocando a queda de um camião e de uma viatura ligeira, desconhecendo-se para já se há vítimas, indicaram os serviços de emergência franceses.

Hong Kong: Portugal acompanha com "cuidado e atenção" situação em Macau - MNE

Bruxelas, 20 nov 2019 (Lusa) -- O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, disse hoje que Portugal está a acompanhar com "cuidado e atenção" a evolução da situação em Macau, no seguimento da onda de protestos violentos em Hong Kong.

Bolívia: Número de mortos em confrontos entre manifestantes e polícia sobe para seis

La Paz, 20 nov 2019 (Lusa) -- O número de mortos resultante de confrontos na Bolívia entre manifestantes e forças de segurança que queriam reabrir uma refinaria bloqueada por apoiantes do ex-Presidente Evo Morais subiu para seis, anunciou hoje o Ministério Público daquele país.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

"Este mundo espantoso, inquieto e...

D'Mais

Hora do chá - o que é o...