Info

Governo: BE apresentou ao PS proposta para "entendimento inicial"

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 09 out 2019 (Lusa) - A coordenadora bloquista, Catarina Martins, afirmou hoje que o BE apresentou ao PS uma proposta para "entendimento inicial que possa estar plasmado no programa de Governo", com o objetivo de reforçar uma solução política com "um horizonte de legislatura".

Catarina Martins falava aos jornalistas na sede do BE, em Lisboa, já depois das declarações do secretário-geral do PS e primeiro-ministro indigitado, António Costa, após uma reunião de mais de uma hora entre as duas equipas negociais de bloquistas e socialistas.

"O Bloco de Esquerda apresentou, nesta reunião, a proposta de um caminho para um entendimento que possa ser plasmado no programa de Governo, que garanta estabilidade à vida das pessoas e portanto reforce uma solução política de horizonte legislatura com as medidas que todo o país conhece porque eu as anunciei publicamente", começou por dizer.

Segundo Catarina Martins, BE e PS debateram as "possibilidades de caminho", tendo os bloquistas apresentado um proposta "para um entendimento inicial que possa estar plasmado nesse programa de Governo", o que seria na sua opinião "garantia de trajetória de recuperação de rendimentos e direitos para quem vive do seu trabalho em Portugal".

"Julgo que foi uma reunião importante, foi uma reunião muito franca", respondeu a líder bloquista, deixando claro que o BE não fecha a porta a, caso esse caminho não seja possível, se negociarem medidas caso a caso.

JF // ACL

Lusa/fim

+ notícias: Política

Presidente da República acompanha preocupação do Norte sobre plano de rotas da TAP

O Presidente da República afirmou hoje à agência Lusa que "acompanha a preocupação manifestada por vários partidos políticos e autarcas relativamente ao plano de retoma de rotas da TAP, em particular no que respeita ao Porto".

PS desafia TAP a corrigir plano de rotas áreas que "lesa interesse nacional"

O secretário-geral adjunto do PS desafiou hoje a TAP a corrigir o plano de rotas aéreas tornado público, considerando que a decisão da Comissão Executiva da transportadora aérea de reduzir voos e destinos "lesa o interesse nacional".

Governo não pode ignorar marginalização do Norte arquitetada pela TAP, diz PS/Porto

A Distrital do Porto do PS defendeu hoje que o Governo não pode ignorar a marginalização do Norte "arquitetada pela gestão privada da TAP", considerando um "insulto" a estratégia da companhia para a retoma da operação para a região.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.