Info

Presidente da Câmara de Barcelos "colocado em liberdade"

Presidente da Câmara de Barcelos "colocado em liberdade"
| Norte
Porto Canal com Lusa

O presidente da Câmara de Barcelos, Miguel Costa Gomes, que estava em prisão domiciliária no âmbito da Operação Teia, foi hoje "colocado em liberdade", disse à Lusa um dos advogados do autarca.

Segundo Nuno Cerejeira Namora, funcionários judiciais foram hoje à tarde à casa de Costa Gomes e "retiraram-lhe a pulseira eletrónica".

Miguel Costa Gomes estava em prisão domiciliária desde 03 de junho, indiciado dos crimes de corrupção passiva e de prevaricação, no âmbito da operação Teia.

Em setembro, um juiz de instrução criminal decidiu manter estas medidas de coação.

No entanto, a defesa de Costa Gomes tinha interposto recurso para o Tribunal da Relação do Porto, que hoje o "restituiu à liberdade".

Na operação Teia, e além de Costa Gomes, são ainda arguidos o entretanto demissionário presidente da Câmara de Santo Tirso, Joaquim Couto, e a mulher, a empresária Manuela Couto.

O outro arguido é o ex-presidente do Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto Laranja Pontes, que entretanto se reformou.

O processo está relacionado com alegados favorecimentos às empresas de Manuela Couto por parte do município de Barcelos e do IPO/Porto, a troco de favores políticos conseguidos por Joaquim Couto.

+ notícias: Norte

"Apagão" deixa Paços de Ferreira sem energia elétrica

A cidade de Paços de Ferreira ficou hoje sem energia elétrica, desconhecendo-se quando é que a situação será normalizada, disse fonte da autarquia.

Homem de 79 anos encontrado morto no rio Douro em Castelo de Paiva

Um homem de 79 anos foi hoje encontrado morto no rio Douro, na freguesia de Raiva, concelho de Castelo de Paiva, distrito de Aveiro, depois de ter sido dado como desaparecido na terça-feira, disse fonte dos bombeiros locais.

Chuvas fortes do passado sábado provocaram prejuízos de milhares de euros a Norte

As chuvas fortes do passado fim-de-semana provocaram prejuízos de milhares de euros no Norte do país. Em Gondomar podem ultrapassar os 400 mil euros e em Vila Nova de Gaia rondam os 50 mil. Várias zonas do Grande Porto ficaram inundadas devido ao mau tempo.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.