Info

Judoca Rochele Nunes bronze na categoria de +78 kg do Grand Slam de Brasília

| Desporto
Porto Canal com Lusa

Brasília, 08 out 2019 (Lusa) -- A judoca portuguesa Rochele Nunes conquistou hoje a medalha de bronze na categoria de +78 kg do Grand Slam de Brasília, pelo que Portugal concluiu a competição brasileira com um ouro e dois bronzes.

Rochele Nunes venceu no combate decisivo a chinesa Shyan Xu por 'waza-ari', depois de ter falhado o acesso à final ao ser derrotada pela brasileira Maria Suelen Altheman, que terminou com a prata.

A atleta lusa começou por vencer a sérvia Milica Zabic e a alemã Jasmin Grabowski.

Na segunda-feira, Anri Egutidze também tinha sido bronze, em -81 quilos, ao derrotar o russo Khasan Khalmurzaev no combate decisivo.

O melhor resultado português em Brasília pertenceu a Catarina Costa, que, no domingo, garantiu a medalha de ouro em -48 quilos, em final com a brasileira Gabriela Chibana.

RBA // VR

Lusa/Fim

+ notícias: Desporto

Seleção Nacional de Andebol recebida por quase uma centena de pessoas no Aeroporto de Lisboa

A Seleção Nacional de Andebol regressou no domingo à noite a Portugal, depois de disputar o Campeonato Europeu, no qual obteve o sexto lugar, a melhor classificação de sempre. A comitiva foi calorosamente recebida por quase uma centena de pessoas, entre elas João Paulo Rebelo, secretário de Estado da Juventude e do Desporto. A pequena multidão fez questão de se deslocar ao Aeroporto de Lisboa para receber a 'equipa das quinas' que teve três jogadores nomeados para a equipa ideal do Europeu, Alfredo Quintana, João Ferraz e Rui Silva.

Golo de Ricardo Horta nos descontos garante troféu para o Sporting de Braga

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 1-0 e conquistou a Taça da Liga em futebol, com Ricardo Horta a marcar o golo decisivo aos 90+5, garantindo um troféu que os bracarenses já tinham conseguido em 2013.

FC Porto recorre da decisão que mantém juiz benfiquista no caso dos emails para Tribunal Constitucional 

O FC Porto vai recorrer para o Tribunal Constitucional da decisão que mantém no processo dos emails um juiz que tinha pedido escusa por assumir ser benfiquista.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.