ESPECIAL CANDIDATURAS
CLIQUE AQUI PARA VER MAIS
Projeto Parceria
Porto Canal
Info

Lobo d'Ávila "em reflexão" sobre candidatura à liderança do CDS

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 07 out 2019 (Lusa) -- O ex-deputado Filipe Lobo d'Ávila, do grupo "Juntos pelo Futuro" do CDS, está "em reflexão" sobre uma eventual candidatura à liderança do partido, disseram à agência Lusa fontes ligadas ao antigo secretário de Estado.

O grupo, que se apresentou uma lista ao conselho nacional na anterior reunião magna dos centristas, começou "a atualizar a sua moção de estratégia para levar ao congresso", antecipado pela decisão da líder do partido se demitir na sequência da derrota nas legislativas de domingo.

O CDS obteve 4,25% nas eleições, passando a sua representação parlamentar de 18 para cinco deputados.

Logo no domingo, Filipe Lobo d'Ávila afirmou-se "em estado de choque" com os resultados do partido nas legislativas, acrescenta estar "consciente das responsabilidades", mas não esclarece se se poderá candidatar no próximo congresso centrista.

"Em estado de choque num dos dias mais tristes da minha vida política no CDS mas consciente das responsabilidades que um resultado destes tem para todos nós no CDS. Sempre CDS. Nos bons e nos maus momentos", escreveu Lobo d'Ávila na sua conta do Facebook.

NS // JPS

Lusa/fim

+ notícias: Política

Conselho de Obras Públicas dá prioridade à ligação ferroviária Lisboa-Porto que deve avançar com brevidade

O Conselho Superior de Obras Públicas deu prioridade à ligação ferroviária Lisboa-Porto. É recomendada assim  a construção da linha com maior brevidade possível. O parecer alerta o Governo para a necessidade de se fazer um Plano Ferroviário Nacional.

Parlamento aprova projeto lei do PSD que altera financiamento eleitoral dos partidos

O Parlamento aprovou na generalidade um diploma do PSD que altera o financiamento eleitoral dos partidos. PAN e Iniciativa Liberal foram os únicos a votar contra.

Ministro do Ambiente prometo plano para o aterro de Valongo que "cause muito menos incómodo"

O Ministro do Ambiente diz que a última investigação ao aterro de Valongo levantou "preocupações". O município já pediu a proibição imediata do depósito de amianto nos terrenos. Matos Fernandes promete respostas nos próximos dias.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.