Info

PJ prende homem suspeito de ter abusado sexualmente de jovem de 15 anos em Vila Real

| Norte
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 05 out 2019 (Lusa) - Um homem de 32 anos foi detido em Valpaços, no distrito de Vila Real, por suspeita de ter abusado sexualmente de uma jovem de 15 anos no espaço de oito meses, anunciou hoje a Polícia Judiciária.

A Polícia Judiciária (PJ) adianta em comunicado que o suspeito está "fortemente indiciado pela prática de um crime de abuso sexual de menores dependentes".

Segundo a PJ, os factos ocorreram entre novembro de 2018 e agosto de 2019 numa residência situada em Valpaços, sendo a vítima uma jovem de 15 anos.

Através da Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real, a Polícia Judiciária procedeu à identificação e detenção do homem pela presumível autoria de um crime de abuso sexual de menores.

O detido, empregado da construção civil, foi presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação e aguarda agora em prisão preventiva o desenvolvimento do processo.

HN // VM

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Mata do Camarido, em Caminha, está a ser recuperada com projeto de gestão que ronda os 35 mil euros

A Mata Nacional do Camarido em caminha está a ser recuperada através de um plano de gestão pensado para durar 15 anos. O investimento ronda os 35 mil euros.

Autarquia do Porto admite criar 'drive-in' no queimódromo para visualização dos jogos da Primeira Liga

A Câmara Municipal do Porto está a ponderar abrir o queimódromo com sistema 'drive-in' para a visualização dos jogos que faltam disputar na Primeira Liga. A ideia foi debatido num encontro hoje entre Rui Moreira e Pedro Proença.

Covid-19: Viana do Castelo lança campanha para transmitir confiança ao consumidor no comércio local

Viana do Castelo lançou uma nova campanha que visa transmitir e demonstrar confiança e segurança na reativação do pequeno e médio comércio. Os empresários anseiam a reabertura total das fronteiras, principalmente com a Galiza.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.