Info

GNR investiga morte de homem vítima de atropelamento seguido de fuga em Vila Real

GNR investiga morte de homem vítima de atropelamento seguido de fuga em Vila Real
| Norte
Porto Canal com Lusa

A GNR está a investigar a morte de um homem que foi hoje vítima de atropelamento seguido de fuga na EN2, nas Flores, concelho de Vila Real, disse fonte das relações públicas da GNR de Vila Real.

A fonte avançou à Lusa que estão a fazer as "diligências" necessárias para investigar quem foi o "autor" de um alegado atropelamento, seguido de fuga, que levou à morte de um homem com cerca de 60 anos.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorros (CDOS) de Vila Real, a ocorrência foi registada esta madrugada, às 02:13, na Estrada Nacional 2 (EN2), na zona das Flores.

"Fomos acionados por um popular a pedir ajuda por um suposto atropelamento seguido fuga, na localidade de Flores", disse, por seu turno, o comandante dos Bombeiros Voluntários de Cruz Branca, Orlando Matos.

A vítima deu entrada como ferido grave no Hospital de Vila Real e morreu esta manhã naquela unidade hospitalar, adiantou a mesma fonte da GNR.

No local estiveram 13 elementos dos Bombeiros Voluntários de Cruz Branca, GNR e PSP de Vila Real.

+ notícias: Norte

Valongo pede ao Governo "imediata proibição" de amianto no aterro em Sobrado

A Câmara de Valongo solicitou hoje ao ministro do Ambiente a "imediata proibição de receção de amianto no aterro da Recivalongo", sob pena de "legitimar a deposição" daquele resíduo num local "na iminência de ser encerrado" pelo tribunal.

Aumenta para sete o número de casos de Covid-19 na Escola Básica de Paços de Ferreira. Concelho contabiliza agora 10 casos no total

São já sete os casos de Covid-19 ligados à Escola Básica nº 2 de Paços de Ferreira, totalizando para 10 casos no concelho, apurou o Porto Canal com Alexandre Costa, presidente da Junta de Freguesia de Paços de Ferreira. 

(em atualização)

Estudante da CESPU infetada com Covid-19 leva quarenta alunos a ficar em quarentena

Uma aluna da CESPU, em Gandra, Paredes, testou positivo ao novo coronavirus e levou a que 40 estudantes que tiveram em contacto indiretamente estejam em quarentena.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.