Info

BCE empresta 3.396 ME a 28 bancos à taxa de juro fixa de 0%

| Economia
Porto Canal com Lusa

Frankfurt, Alemanha, 19 set 2019 (Lusa) - O Banco Central Europeu (BCE) vai emprestar a 28 bancos da zona euro 3.396,25 milhões de euros a três anos a uma taxa fixa de 0% na primeira da nova série de operações de liquidez de longo prazo.

O BCE informou hoje que a operação será liquidada em 25 de setembro e vence em 28 de setembro de 2022, apesar dos bancos poderem devolver o dinheiro antes da data de vencimento.

O conselho de governadores do BCE decidiu na última quinta-feira modificar alguns dos parâmetros da terceira série de operações de financiamento a prazo mais longo com objetivos específicos.

O custo do financiamento das novas operações de liquidez a longo prazo será igual à taxa de juro média aplicada às operações principais de financiamento do Eurosistema, os leilões semanais, a longo do período de vigência da operação a longo prazo correspondente.

Atualmente o BCE empresta aos bancos semanalmente a uma taxa de 0%.

Em junho o BCE estabeleceu que o custo das novas operações de liquidez a longo prazo seria de 0,10% (o diferencial de uma décima acima da taxa de juro média das operações principais de financiamento).

No caso dos bancos emprestarem grandes quantidades, a taxa de juro aplicada aos empréstimos a longo prazo poderá ser tão baixa como a taxa de juro média da facilidade de depósito ao largo do período de vigência da operação correspondente.

A taxa de juro dos depósitos bancários é atualmente de -0,50%.

Inicialmente o BCE tinha decidido que estas novas operações de liquidez a longo prazo venceriam a dois anos, mas na semana passada ampliou o prazo de vencimento para três anos.

"Esta ampliação ajusta-se melhor ao prazo que costumam ter os empréstimos bancários destinados a financiar projetos de investimento e, portanto, amplia o apoio que proporcionarão as operações ao financiamento da economia real, tendo em conta a deterioração das perspetivas económicas observada desde que o prazo de vencimento se anunciou pela primeira vez, em março de 2019", segundo o BCE.

Os bancos poderão reembolsar os fundos obtidos antes da data de vencimento final, com periocidade trimestral passados dois anos desde a liquidação de cada operação.

Estas mudanças aplicam-se a partir da primeira operação que hoje se formalizou.

MC // JNM

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Pescadores indignados com a interdição da pesca da sardinha

Está aí um novo período de interdição da pesca da sardinha. As regras nacionais estão em linha com as orientações europeias mas os 'homens do mar' não se conformam.

SNS registou prejuízo de cerca de 848 ME em 2018, um agravamento de 502ME face a 2017

O Serviço Nacional de Saúde (SNS) registou em 2018 um prejuízo de cerca de 848 milhões de euros, um agravamento face ao ano anterior em cerca de 502 milhões de euros, segundo um relatório hoje divulgado.

Quais as prioridades para a região Norte nos próximos Fundos Comunitários?

O Parlamento Europeu quer que as negociações para o próximo quadro comunitário arranquem o mais rápido possível. Os eurodeputados vão votar esta quinta-feira uma resolução para que se chegue a um acordo sobre o orçamento do pós 2020. Em cima da mesa está um a proposta de cortes de 7% em Portugal que vão refletir-se na região Norte.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.