Info

Câmara da Maia investe 8 milhões de euros em obras de melhoramento de 16 escolas

Câmara da Maia investe 8 milhões de euros em obras de melhoramento de 16 escolas
| Norte
Porto Canal com Lusa

A Câmara da Maia anunciou esta terça-feira que, neste arranque do ano letivo, investiu oito milhões de euros em obras de remodelação e modernização de 16 escolas do concelho.

Em informação remetida à agência Lusa, a Câmara da Maia elenca empreitadas que vão desde trabalhos de reparação, à execução de muros ou coberturas.

“A autarquia investiu oito milhões de euros para renovar e equipar o parque escolar do concelho. Da totalidade dos 47 estabelecimentos de educação e ensino existentes no concelho, apenas a EB23 Dr. Vieira de Carvalho ainda não sofreu obras de remodelação e modernização que vão começar a breve trecho, estando os alunos já instalados em salas amovíveis”, lê-se na informação.

Entre outros aspetos, a verba foi investida em trabalhos em telhados, pinturas, calafetagem, pisos de recreio e melhoramentos nas coberturas exteriores, bem como caixilharias, acrescenta a nota.

“O objetivo é dar a toda a comunidade escolar, aos alunos, aos professores, ao pessoal não docente e aos pais, as melhores condições para o ano letivo que agora começa. Melhores condições na sala de aula traduzem-se em melhores resultados escolares. Esta é um investimento que se traduzirá em jovens mais e melhor qualificados no futuro”, refere o presidente da Câmara da Maia, António Silva Tiago, citado na informação enviada à Lusa.

+ notícias: Norte

Estudo mostra que é mais difícil aceder ao Ensino Superior Público no Porto

Entrar numa faculdade pública é mais difícil no distrito do Porto, de acordo com os dados de um estudo do Centro de Investigação em Políticas do Ensino Superior (CIPES). Citado pelo jornal Público e divulgado esta sexta-feira, os estudantes que querem entrar no Ensino Superior Público no Porto têm mais difículdades, do que no resto do pais, devido à oferta reduzida da rede pública e da média de acesso não poder ser inferior a 14 valores para garantir a entrada.

Infraestruturas de Portugal nega cancelamentos nas obras da Linha do Minho

A Infraestruturas de Portugal nega cancelamentos na empreitada de eletrificação da Linha do Minho. Em comunicado, informou que nos primeiros meses de 2021 já será possível a circulação ferroviária, em modo elétrico.

Morte por negligência em hospital do Porto com indemnização acordada após 25 anos

O Estado português aceitou pagar 32.500 euros à família de um homem que morreu há 25 anos durante uma cirurgia para retirar uma pinça esquecida no seu abdómen durante uma operação no Hospital de São João, no Porto.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.