ESPECIAL CANDIDATURAS
CLIQUE AQUI PARA VER MAIS
Projeto Parceria
Porto Canal
Info

Governo garante "apoio político" para que hospital de Braga seja hospital académico

| Política
Porto Canal com Lusa

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior garantiu esta segunda-feira que a pretensão da Universidade do Minho de que o hospital de Braga tenha o estatuto de hospital universitário "terá todo o apoio político".

Atualizado 17-09-2019 12:03

Manuel Heitor, que falava em Braga, na Universidade do Minho, à margem de uma cerimónia de boas vindas aos novos estudantes daquela academia, afirmou que é "ambição" do Governo "ter mais investigação clínica e melhorar, facilitar, os espaços de aprendizagem aos estudantes que escolhem a área da Saúde".

A Universidade do Minho reclama o estatuto de Hospital Universitário para o Hospital de Braga lembrando a "estreita colaboração" entre as duas instituições.

"Trabalhamos num nível e de uma forma que permite aos nossos estudantes vivenciarem em ambiente hospitalar aquilo que vão aprendendo em ambiente académico e essa estreita colaboração tem que ser reconhecida", disse à Lusa o reitor da Universidade do Minho, Rui Viera da Silva.

Segundo garantiu o ministro, aquela pretensão "terá todo o apoio político para poder ser concretizada nos próximos anos".

"É um processo simples, o centro académico do Minho tem uma grande reputação a nível nacional e internacional. Hoje há uma legislação própria, há uma agência da investigação clínica, que juntamente com as autoridades de Saúde (...) facilmente poderão responder a esse desafio", referiu Manuel Heitor.

+ notícias: Política

Governo mantém Estado de Alerta, Calamidade e Contingência em Portugal

As restrições em 19 freguesias da Grande Lisboa vão ser prolongadas por mais duas semanas. A Ministra da Presidência diz que a taxa de incidência do vírus é menor do que há 15 dias, mas salienta que ainda não há condições para levantar as medidas restritivas na região.

Líder do CDS-PP pede "tolerância zero à marginalidade" e mais autoridade para as forças de segurança

O CDS-PP pede ao Governo "tolerância zero a comportamentos de marginalidade". O líder dos centristas este reunido esta segunda-feira com um representante dos comerciantes da Baixa de Lisboa e comentou o desacato de sábado na Praia do Tamariz em Cascais, onde dois jovens ficaram feridos depois de uma rixa que envolveu dezenas de pessoas. Francisco Rodrigues dos Santos quer mais autoridade para forças de segurança.

Duarte Cordeiro afirma que não se ilude e que PSD é mesmo oposição ao Governo

O secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares afirma que, pela sua parte, não se ilude e que o PSD é mesmo oposição ao Governo, e argumenta que Rui Rio nunca se demarcou das respostas anti-crise do passado.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.